I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

APROVEITE!

APROVEITE!
CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA SUPER OFERTAS PARA VOCÊ!
SEJA MUITO BEM VINDO, E TENHA UMA ÓTIMA LEITURA!.

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

ME OUÇA DE SEGUNDA À SEXTA DE 12 ÀS 13h30 NO JORNAL REGIONAL

ME OUÇA DE SEGUNDA À SEXTA DE 12 ÀS 13h30 NO JORNAL REGIONAL
É SÓ CLICAR NA IMAGEM, E FIQUE SABENDO DE TUDO O QUE ACONTECE NA SERRA DA IBIAPABA

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

CURTA A MAIS NOVA PÁGINA DESTE BLOG, NO FACEBOOK!

A UNICURSOS FORTALEZA ESTÁ DE VOLTA EM TIANGUÁ (CE)

A UNICURSOS FORTALEZA ESTÁ DE VOLTA EM TIANGUÁ (CE)
COM CURSOS PROFISSIONALIZANTES GRATUITOS!

ONDE VOCÊ ANDA SEMPRE NA MODA, E COM MUITA ECONOMIA!

ONDE VOCÊ ANDA SEMPRE NA MODA, E COM MUITA ECONOMIA!
FAZENDO 1 ANO DE ANIVERSÁRIO, E SÓ QUEM GANHA É VOCÊ!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

VENHA CONHECER A MELHOR LOJA EM PRODUTOS IMPORTADOS!

VENHA CONHECER A MELHOR LOJA EM PRODUTOS IMPORTADOS!
E APROVEITE AS NOSSAS OFERTAS!

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA
ATENDIMENTO DELIVERY DO SUPRA SUPERMERCADO LIGUE: (88) 9-9210.0302/9-9737.3611/9-9434.7201

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!
EM SOBRAL, UBAJARA E TIANGUÁ - FONES: (88) 3611-5346/99244-7730/9931-8511/3671-1144/99428-2616/99739-8777

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!
RUA VEREADOR MANOEL FROTA 539 - CENTRO - TIANGUÁ/CE

FAZENDO VALER SUA IDEIA!

FAZENDO VALER SUA IDEIA!
FAÇA AQUI SUA DIVULGAÇÃO!

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

ASSALTANTES DESMANCHAM E LEVAM CASA DE PRAIA, EM CIDREIRA (RS)

Residência de madeira foi completamente destruída, só restando parte de material (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma casa de veraneio foi levada por completo por assaltantes em Cidreira, cidade de pouco mais de 12 mil habitantes localizada no Litoral Norte do Rio Grande do Sul. 

O trabalho de retirada da residência levou cerca de 20 dias, mas uma vizinha só desconfiou após um dos pedreiros, contratados para o serviço, reclamar da falta de pagamento. Mas naquele momento só restavam as fundações da casa de madeira, na Rua Arnaldo Jose Berger. A polícia investiga o caso.

No último domingo (11), a vizinha entrou em contato com a pedagoga Valdete Vroff de Azevedo, 52 anos, moradora de Porto Alegre e casada com um dos donos da residência. Ao atender o telefone, ela se surpreendeu com a notícia. "Não acreditei, achei que ela estava enganada. É uma casa muito simples, com coisas que estão há bastante tempo ali."
Fotografia mostra como era residência antes do desmanche (Foto: Arquivo Pessoal)

A vizinha contou que, há cerca de 20 dias, dois homens chegaram ao local e se passaram por funcionários de uma construtora. Disseram que a casa seria demolida a pedido da família. "Eles pararam de caminhão e recolheram todos os móveis."

Em seguida, a dupla pediu a indicação de um pedreiro, e duas pessoas foram contratadas para o serviço. Depois disso, a casa começou a ser desmanchada.

Uma semana se passou e a dupla voltou para recolher telhas, paredes e outras partes da moradia. Passaram-se mais alguns dias, quando um dos pedreiros reclamou da falta de pagamento. A vizinha também desconfiou da retirada do portão da frente da casa e da cerca lateral. Por isso, telefonou no domingo para Valdete.

Foram levados inúmeros móveis, como camas, beliches e armários, e ainda geladeira, freezer e fogão. Há pouco mais de dois meses, a casa já tinha sido arrombada, mas vizinhos chamaram a polícia e conseguiram evitar que objetos fossem levados.

Na época, Valdete contou que pretendia construir outra casa no terreno, já que a existente tinha mais de 15 anos. "Acho que a vizinha associou as duas coisas e acreditou na história dessas pessoas", entende.

A pedagoga diz que a família não tem divídas com outras pessoas e, por isso, desconhece possíveis suspeitos.

Polícia investiga caso

Na terça-feira (13), a família foi até Cidreira e registrou ocorrência. O caso é investigado pela delegacia local, que já instaurou inquérito e trata o caso "com cautela". O G1 tentou falar com o delegado responsável, Alexandre Silva Pereira Souza, mas ele ainda não atendeu as ligações.

AUTOR: G1/RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O TIANGUÁ AGORA descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

TIANGUÁ AGORA NO TWITTER!

Real Time Analytics