I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

MUITO GRATO POR SUA VISITA, E UMA BOA LEITURA À TODOS!.

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

ATENÇÃO TORCEDORES BETS13 O SEU SITE DE APOSTAS ONLINE

ATENÇÃO TORCEDORES BETS13 O SEU SITE DE APOSTAS ONLINE
NÃO PERCA TEMPO E CLIQUE NA IMAGEM PARA FAZER A SUA APOSTA

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

NÃO FIQUE SEM CELULAR, A SUA OPÇÃO EM CONSERTO É NO PONTO DO CELULAR

NÃO FIQUE SEM CELULAR, A SUA OPÇÃO EM CONSERTO É NO PONTO DO CELULAR
RUA PREFEITO JOAQUIM FLORÊNCIO 11 TIANGUÁ (CE) (88)9-9239-3638

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!
EM SOBRAL, UBAJARA E TIANGUÁ - FONES: (88) 3611-5346/99244-7730/9931-8511/3671-1144/99428-2616/99739-8777

CURTA A MAIS NOVA PÁGINA DESTE BLOG, NO FACEBOOK!

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!
RUA VEREADOR MANOEL FROTA 539 - CENTRO - TIANGUÁ/CE

FAZENDO VALER SUA IDEIA!

FAZENDO VALER SUA IDEIA!
FAÇA AQUI SUA DIVULGAÇÃO!

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA
ATENDIMENTO DELIVERY DO SUPRA SUPERMERCADO LIGUE: (88) 9-9210.0302/9-9737.3611/9-9434.7201

terça-feira, 3 de maio de 2016

APÓS 5 MESES, JOVEM É PRESO E MENOR APREENDIDO POR MORTE DE PROFESSORA, EM RIO BRANCO (AC)

Franciane foi morta a tiros em bairro de Rio Branco (Foto: Reprodução/Facebook)

Após cinco meses da morte da professora Franciane Piva Peres, de 33 anos, a Polícia Civil prendeu, no último sábado (30), um jovem de 25 anos e apreendeu um adolescente, de 15 anos, suspeitos de envolvimento no crime. A informação foi repassada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) na noite desta segunda-feira (2).

Franciane foi morta a tiros noite de 20 de novembro na Rua José Luiz, bairro Santa Inês, em Rio Branco, quando ia buscar o filho na casa da babá. Na época, a polícia suspeitava que dois homens em uma motocicleta tivessem efetuado os disparos. A professora morreu ainda no local do crime.

Ainda de acordo com a Sesp, os suspeitos confessaram e contaram detalhes sobre a morte da professora. O jovem é quem estaria dirigindo a motocicleta enquanto o menor teria feito os disparos contra a vítima. A Sesp não divulgou qual seria a motivação da dupla.

A prisão e apreensão ocorreu através de mandados de prisões. Conforme informações da secretaria, os suspeitos teriam delatado um ao outro durante as investigações.

O suspeito de 25 anos estaria no regime semiaberto e cumpre pena por roubo. A polícia deve apresentar o jovem na manhã de terça-feira (3) na sede da Polícia Civil.

Família abalada

Ao G1, em matéria publicada no dia 22 de novembro de 2015, a irmã da professora, que preferiu não se identificar, já havia dito que sentia medo e relatou que a professora teria confessado a uma prima que estaria "se sentindo ameaçada".

Ainda durante a conversa, a irmã de Franciane disse acreditar que o crime teria sido planejado por alguém que sabia a rotina da irmã. Ela também destaca que nenhum objeto da vítima foi levado.

"A pessoa que fez isso, sabia a hora que ela estaria chegando em casa. A pessoa já estava de prontidão esperando a hora que ela viesse. Não foi latrocínio de jeito nenhum, não acreditamos nessa hipótese", enfatizou a irmã.

A diarista Luzia Gama, de 48 anos, mãe da Franciane, disse em matéria publicada no G1 em 4 de dezembro de 2015, que o assassinato abalou muito a família e que a irmã da professora ficou bastante assustada com o caso. "Eu não tenho muito o que falar. Mas é muito triste perder uma filha tão linda dessa forma. Ela me ajudava muito", afirmou a mãe.

Descartado latrocínio

Três dias após o crime, o delegado de Polícia Civil Nilton Boscaro afirmou que foi descartada a possibilidade de latrocínio no crime, já que nada da vítima tinha sido levado. O delegado disse ainda que estava sendo feito um levantamento nos meios de comunicação da vítima e que pessoas próximas da professora seriam ouvidas.

"Já descartamos latrocínio, já que não foi levado nada da professora. Estamos fazendo levantamento dos meios eletrônicos e ouvindo pessoas mais próximas. Algumas pessoas não querem testemunhar, mas serão intimadas", esclareceu na época.

AUTOR: G1/AC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos.

O TIANGUÁ AGORA descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

TIANGUÁ AGORA NO TWITTER!

Real Time Analytics