I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

APROVEITE!

APROVEITE!
CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA SUPER OFERTAS PARA VOCÊ!
SEJA MUITO BEM VINDO, E TENHA UMA ÓTIMA LEITURA!.

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)
ADQUIRA JÁ SUA CARTELA, E BOA SORTE!

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

CURTA A MAIS NOVA PÁGINA DESTE BLOG, NO FACEBOOK!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA
ATENDIMENTO DELIVERY DO SUPRA SUPERMERCADO LIGUE: (88) 9-9210.0302/9-9737.3611/9-9434.7201

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!
EM SOBRAL, UBAJARA E TIANGUÁ - FONES: (88) 3611-5346/99244-7730/9931-8511/3671-1144/99428-2616/99739-8777

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!
RUA VEREADOR MANOEL FROTA 539 - CENTRO - TIANGUÁ/CE

FAZENDO VALER SUA IDEIA!

FAZENDO VALER SUA IDEIA!
FAÇA AQUI SUA DIVULGAÇÃO!

terça-feira, 24 de maio de 2016

PATROA CONDENADA POR TORTURA E MORTE DE MENINA DE 11 ANOS É RECAPTURADA, NO PARÁ

Marielma saiu de Vigia para trabalhar como babá e estudar em Belém. Foi assassinada pelos patrões meses depois (Foto: Reprodução/TV Liberal)

Roberta Sandreli Rolim, condenada por envolvimento na tortura e morte da menina Marielma de Jesus Sampaio, de 11 anos, voltou nesta terça-feira (24) a cumprir pena em regime fechado. Ela estava foragida há três meses e foi recapturada. Foi a terceira vez que Roberta fugiu da prisão. Ela já se encontrava em regime semiaberto, quando saía para trabalhar durante o dia e voltava pela parte da noite para o Centro de Recuperação Feminino (CRF) do bairro do Coqueiro, em Ananindeua.

O assassinato de Marielma teve repercussão internacional e foi denunciado na Organização Internacional do Trabalho (OIT). Ela era filha de agricultores de Vigia, nordeste do estado, e foi entregue pela mãe a Roberta e seu marido Ronivaldo Guimarães Furtado, moradores de Belém. A menina iria trabalhar e estudar na capital.

Em troca, a família de Marielma receberia, mensalmente, uma cesta básica. O laudo sobre as causas da morte da menina aponta sinais de tortura e espancamento. Os exames também comprovaram que a criança foi vítima de abuso sexual. O delito aconteceu no dia 12 de dezembro de 2005.
Ronivaldo Guimarães Furtado e Roberta Sandreli foram condenados pelo crime bárbaro contra criança de 11 anos. Ronivaldo está foragido (Foto: Dirceu Maués/O Liberal)

Roberta foi condenada a 33 anos de prisão, dos quais já cumpriu 11. De acordo com a 1ª Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), ela cumprirá a pena em regime fechado até dezembro de 2019.

Já Ronivaldo Guimarães Furtado, à época do crime marido de Roberta Sandreli, foi condenado a 48 anos de prisão por uma série de crimes cometidos contra Marielma, incluindo tortura e homicídio qualificado. Ele já cumpriu 10 anos. Estava em regime semiaberto e, atualmente, encontra-se foragido.

Trabalho infantil, abuso e tortura
Marielma Sampaio foi morta na casa dos patrões, em Belém. A menina trabalhava como babá para o casal Ronivaldo e Roberta. Os dois foram condenados pela morte da menina. De acordo com o Ministério Público, Marielma recebeu choques elétricos, foi estuprada, torturada e espancada até a morte.

A mãe de Marielma, uma agricultora que mora no interior do Pará, conta que entregou a filha ao casal com a promessa de que a menina iria trabalhar e estudar em Belém. "Prometia uma vida melhor para ela. Um estudo dela, roupa dela, calçado, comida", disse, à época do crime, Maria Benedita da Silva. Marielma, no entanto, nunca frequentou a escola em Belém, e depois de três meses na casa dos patrões, foi assassinada.

AUTOR: G1/PA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O TIANGUÁ AGORA descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

TIANGUÁ AGORA NO TWITTER!

Real Time Analytics