I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

CURTIR TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

CURTIR TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TELEFONES IMPORTANTES!

TECNO FILMES DO BRASIL

GRUPO GEAN - ÓTICA GEAN E HOTEL GEAN

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

ACIDENTE COM 7 VÍTIMAS MATOU 4 DA MESMA FAMÍLIA NO RS

Força do impacto partiu Civic em dois e matou quatro integrantes de uma família (Foto: PRF/Divulgação)

Quatro pessoas da mesma família e um casal estão entre as vítimas da colisão frontal que matou sete pessoas na manhã desta segunda-feira (19) em Soledade, no Norte do Rio Grande do Sul. Em número de vítimas, foi o acidente mais grave registrado nas rodovias gaúchas em 2012, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).
A colisão ocorreu por volta das 7h da manhã da BR-386, conhecida como Estrada da Produção. Na altura do km 257, no limite entre Soledade e Fontoura Xavier, um Honda Civic colidiu frontalmente com uma Chevrolet S10. Um terceiro veículo, um Volkswagem Voyage, também se chocou contra os outros dois carros e capotou.

Os quatro ocupantes do Honda Civic, com placas de Campo Bom, eram de uma mesma família residente em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos. Morreram o condutor Jairo Martins Machado, de 32 anos; a mulher dele, Sandra Gobbi da Silva, 28; e os filho do casal Nicolas Gobbi Machado, de 6 anos, e um bebê que não teve o nome informado.
Sete pessoas morreram em acidente entre 3 carros em Soledade (Foto: Rádio Soledade AM 1550)

O casal de Novo Hamburgo era proprietário de uma loja de confecções localizada na Rua José Aloísio Daudt, no bairro Canudos. Eles haviam viajado na quinta-feira (15) para São Nicolau, na fronteira com a Argentina, onde passaram o feriadão prolongado com familiares.

Outras três vítimas eram ocupantes da S10. Viajavam no veículo com placas de Santa Rosa Domingos de Oliveira Vargas, de 66 anos; a mulher dele, Isabel Portinho, 54; e os amigos da família, o casal Natalia Kolling da Silva, 55; e Amauri José Pereira da Silva; 58. Os dois primeiros morreram na hora, enquanto Isabel morreu no hospital. Amauri foi removido com ferimentos graves para o hospital de Passo Fundo, onde passa por uma cirurgia de emergência.

Domingos e Isabel eram proprietários de uma empresa em Santa Rosa, a Metalúrgica Vargas. Conforme o relato de funcionários, os quatro retornavam de um em encontro familiar. O único sobrevivente do acidente, Amauri, é cunhado do irmão de Domingos e tinha uma relação bastante próxima com o casal.
A notícia da morte dos três causou comoção na metalúrgica de Santa Rosa. A empresa não abriu na manhã desta segunda-feira, em sinal de luto. Segundo funcionários, o casal de proprietários era ativo na metalúrgica e procurava manter uma relação de amizade com os empregados. “Trabalho há quase 20 anos aqui, e só tenho coisas boas a dizer sobre eles”, afirma Paulo Corassini, 51 anos, responsável pela produção do estabelecimento. Segundo o funcionário, o casal chegou a comparecer à formatura do filho dele no curso de Engenharia, em 2008, em Porto Alegre.

De acordo com a PRF, o motorista do Voyage, com placas de Erechim, sofreu ferimentos leves e já foi liberado. O relato dele aos policias rodoviários confirma a suspeita da PRF que o acidente foi provocado por imprudência. O motorista do Honda Civic teria feito uma ultrapassagem em local proibido, próximo a uma curva. Além disso, ele estaria a mais de 130 km/h – a força do impacto partiu o Civic praticamente em dois e empurrou o motor da caminhonete S10 para debaixo da cabine. A perícia vai esclarecer as causas do acidente.
Na S10, três pessoas morreram e outro ocupante ficou gravemente ferido (Foto: PRF/Divulgação)

AUTOR: G1/RS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O Tianguá Agora descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

Real Time Analytics