I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

APROVEITE!

APROVEITE!
CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA SUPER OFERTAS PARA VOCÊ!

ESPECIAL PARA VOCÊ!

PESSOAS DESAPARECIDAS

PESSOAS DESAPARECIDAS
AJUDE A ENCONTRAR OU CADASTRE-SE!

CURTIR TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

CURTIR TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TELEFONES IMPORTANTES!

LOJA MAIS COURO!

TECNO FILMES DO BRASIL

GRUPO GEAN - ÓTICA GEAN E HOTEL GEAN

sábado, 28 de março de 2015

CAMINHÃO CAI EM CIMA DE CARRO NA BR-163 EM MT, E MATA 5

Caminhão tombou em cima de carro e cinco pessoas morreram. (Foto: Dionísio Colla/ Cenário MT)

Cinco pessoas, supostamente da mesma família, morreram após um caminhão bater e tombar em cima do carro de passeio em que estavam, no km 570 da BR-163, entre Nova Mutum e Diamantino, distante 269 km e 209 km de Cuiabá, respectivamente. 

De acordo com informação da Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso (PRF-MT), o acidente ocorreu no início da tarde desta sexta-feira (27). O carro tem placas da cidade de Sorriso, no Norte do estado, e nele estavam três mulheres, um homem e uma criança com aproximadamente seis anos. O trânsito no local está completamente bloqueado.
O motorista do caminhão foi encaminhado para o Hospital de Nova Mutum. O estado de saúde dele não foi divulgado. A concessionária Rota do Oeste, responsável pela duplicação e reparos na rodovia, informou que equipes do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) estão no local para prestar socorro. Também foram enviados dois guinchos e veículos de inspeção.

Ainda de acordo com a Rota do Oeste, os veículos envolvidos no acidente ainda estão na pista e a orientação aos motoristas é evitar este trecho. Não há previsão para liberação da pista.

AUTOR: G1/MT

MÃE DE ALUNO AMEAÇA DIRETORA DE ESCOLA NO PARANÁ COM FACA; VEJA VÍDEO

Um vídeo divulgado pela Secretaria Municipal da Educação de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, nesta sexta-feira (27), mostra a mãe de um aluno de 9 anos ameaçando a diretora de uma escola municipal com uma faca. 

A situação foi na tarde de terça-feira (24) e a mulher foi presa em flagrante pela Polícia Militar (PM) por ameaça, desacato e danos ao patrimônio público. A mulher ficou enfurecida, após saber que o filho tinha desaparecido na hora do recreio, por volta das 15h.

A mãe, Cintia Ferreira da Silva, foi chamada à escola e informada que o estudante tinha fugido com um colega de 8 anos por um buraco na grade ao redor da escola. Ela foi até a sala da direção e começou a discutir com a diretora. A situação foi filmada por uma funcionária da escola.

O vídeo mostra a mulher falando palavrões aos servidores. “Se meu filho não aparecer, eu te mato”, dizia a mãe do aluno. Cintia tirou uma faca que estava dentro da bolsa e foi contida pela mãe do outro estudante que também tinha sumido. A mulher ainda bate na mesa da diretora e derruba dois armários com materiais escolares.

As crianças só foram encontradas por volta das 23h. Segundo a moradora Edinéia Pontes, que ajudou nas buscas, os estudantes estavam assustados e sujos. “Eles estavam com medo porque disseram que um homem passou a cavalo e ameaçou os meninos”, disse. Testemunhas contaram à polícia que as crianças saíram da escola para brincar de bola e se perderam em um matagal.

Mãe diz que não se arrepende
Cíntia estava na cadeia Hildebrando de Souza, em Ponta Grossa, e foi solta nesta sexta, após conseguir liberdade provisória. Ela alegou que ficou nervosa porque o filho sumiu enquanto estava na escola. “Eu entrei e fui pra cima dela. Cadê a responsabilidade da escola? Não me arrependo nem um pouco”, afirma.

O advogado de Cíntia, Gidalte de Paula Dias, diz que a mãe tinha levado a faca para afiar e, por isso, estava dentro da bolsa. “Nada foi feito premeditadamente”, acrescentou. Ele disse ainda que Cintia ficou irritada pelo desaparecimento e porque foi agredida verbalmente pelos funcionários da escola.

Secretaria vai reforçar segurança
A direção não quis dar entrevista, mas a Secretaria Municipal de Educação enviou nota à redação informando que o buraco na grade foi feito por vândalos, e que a direção agiu corretamente ao avisar o Conselho Tutelar, a Guarda Municipal e a Polícia Civil sobre o desaparecimento das crianças.

“Em decorrência da situação em questão, a Secretaria de Educação se reunirá com a Patrulha Escolar na próxima segunda-feira (30) para intensificar a segurança dos alunos na escola municipal. Além disso, professores e a equipe pedagógica também foram orientados a manter os portões sempre trancados e verificar a ocorrência de novas aberturas no alambrado que cerca o prédio”, informou a Secretaria em nota.

AUTOR: G1/PR

CORTE DA ITÁLIA ABSOLVE AMANDA KNOX DE CONDENAÇÃO POR HOMICÍDIO

Amanda Knox aguarda início de entrevista para o programa “Good Morning America”, da rede de TV
“ABC” (Foto: Andrew Kelly/Reuters)

A mais alta Corte da Itália anulou nesta sexta-feira (27) a condenação por homicídio da americana Amanda Knox e de seu ex-namorado em um veredito surpreendente.

Knox e o ex-namorado haviam sido considerados culpados pelo assassinato de Meredith Kercher, uma jovem britânica de 21 anos encontrada morta por esfaqueamento em uma república de estudantes, em novembro de 2007. Amanda tinha sido condenada a 28 anos e seis meses de prisão e seu ex-namorado Raffaele Sollecito, a 25 anos.

Pouco depois, Knox emitiu um comunicado em que se diz aliviada. "Me sinto enormemente aliviada e agradecida pela decisão da corte de cassação italiana", comentou. "Saber que eu era inocente me deu forças nas horas mais sombrias".

Entenda o caso
Amanda e Sollecito foram presos logo após o corpo de Meredith ser encontrado em 2007 com a garganta cortada e em meio a uma poça de sangue em seu quarto em Perugia. Amanda e o ex-namorado dividiam o apartamento.

Meredith, de 21 anos, estudante da cidade de Leeds, foi encontrada seminua e com 43 marcas de faca no apartamento que dividia com Amanda. Os exames dos legistas mostraram que ela também foi estuprada. A promotoria considerou que os jovens mataram Meredith durante uma noite de sexo, álcool e drogas.

Procuradores alegaram que Meredith foi vítima de um jogo sexual. Amanda e Sollecito negaram as acusações e disseram que eles não estavam no apartamento naquela noite, embora tenham admitido que fumaram maconha e que a memória estava "nublada" naquele dia. Um homem da Costa do Marfim, Rudy Guede, foi condenado pelo assassinato em um processo separado e está cumprindo uma sentença de 16 anos.

Amanda e Sollecito foram inicialmente condenados pelo assassinato e a penas de prisão longas, mas foram absolvidos em segunda instância em 2011. Depois de quase quatro anos atrás das grades, na Itália, Amanda retornou a sua cidade natal, Seattle, e Sollecito retomou seus estudos de ciência da computação.

O crime voltou à tona em 26 de março de 2013, quando o mais alto tribunal criminal da Itália anulou a absolvição de Amanda e ordenou um novo julgamento. A americana foi considerada culpada no segundo recurso do julgamento, em janeiro de 2014.

AUTOR: G1/SP

NIGÉRIA TEM ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS EM MEIO AMEAÇAS DO BOKO HARAM

Os dois principais candidatos nas eleições, o atual presidente Goodluck Jonathan e o ex-ditador e opositor Muhammadu Buhari, assinam acordo de paz durante o pleito, que é realizado neste sábado (27) (Foto: REUTERS/Stringer)

A Nigéria vai às urnas neste sábado (28) para escolher o próximo presidente do país, em meio a temores de que atos de violência, principalmente deflagrados pelo Boko Haram, atrapalhem o pleito. O atual presidente Goodluck Jonathan enfrenta o ex-ditador e opositor Muhammadu Buhari e outros 12 candidatos com menor força. O histórico violento das eleições de 2011, em que cerca de mil pessoas foram mortas, e dos recentes ataques do grupo radical islâmico Boko Haram ainda pesa sobre os eleitores e preocupa as Forças Armadas.

Os colégios eleitorais abriram suas portas às 8h (4h de Brasília). Uma explosão atingiu um local de votação na cidade de Awka, mas segundo as autoridades não deixou feridos.
O ex-ditador e opositor Muhammadu Buhari vota neste sábado em Daura (Foto: Akintunde Akinleye/ Reuters)

As eleições estavam previstas para acontecer no dia 14 de fevereiro. Uma semana antes, a comissão eleitoral anunciou o adiamento do pleito por seis semanas por preocupações com a segurança. A justificativa foi que os ataques do Boko Haram no norte do país ocupavam todos os esforços militares das forças de segurança da Nigéria. Segundo a comissão eleitoral, as tropas não estavam disponíveis para garantir o correto andamento do pleito eleitoral.

"Se a segurança do pessoal, dos eleitores, dos observadores e do material eleitoral não puder ser garantida, a vida de jovens inocentes (...) e a perspectiva de eleições livres, justas e críveis podem correr perigo", disse na ocasião o presidente da comissão eleitoral, Attahiru Jega.
Grupo Boko Haram aparece em vídeo (Foto: AFP PHOTO / BOKO HARAM)

Dez dias depois o grupo extremista Boko Haram divulgou um vídeo em que seu líder promete impedir a realização das eleições. "Essa eleição não será realizada, nem se estivermos mortos. Alá jamais o permitirá", afirmou Abubakar Shekau na gravação.

Cerca de 70 milhões de pessoas são esperadas para votar.

Sabe-se que o grupo tem capacidade de atacar simultaneamente em várias frentes e que dispõe de um arsenal importante. De acordo com o Human Rights Watch, o grupo já matou mais de mil pessoas apenas neste ano. Os nigerianos temem tanto o risco de violência nas eleições que estão saindo do país para longe. Os voos internacionais estavam cheios nessa semana e havia filas de espera nas companhias aéreas no Aeroporto Internacional de Lagos, segundo a agência Associated Press. De acordo com a BBC, 1,5 milhão de pessoas já abandonaram suas casas. Imagens da Reuters mostram nigerianos estocando comida e bebida para o dia do pleito.
Numa tentativa de diminuir as ameaças de violência, os dois principais candidatos presidenciais assinaram um acordo de paz nesta quinta-feira (26), o último dia de campanha. Jonathan e Buhari prometeram respeitar o resultado das urnas e pediram para seus apoiadores não cometerem atos de violência.

Além disso, nesta semana o chefe das Forças Armadas, Kenneth Minimah, disse que foram elaborados esquemas de segurança para a realização das eleições e, aqueles que provocassem algum conflito enfrentariam “violência organizada” das forças de segurança. As tropas estão em alerta máxima, com 360 mil policiais posicionados em áreas estratégicas, e as fronteiras com o oceano foram fechadas como uma preocupação extra.

Independência eleitoral
O líder da oposição nigeriana e candidato Muhammadu Buhari declarou que a independência da comissão eleitoral ficou "gravemente comprometida", após decisão de adiar a eleição de 14 de fevereiro para 28 de março. Segundo ele, a comissão “cedeu a pressão e comprometeu sua independência”.

Especialistas ouvidos pela BBC dizem que acreditam que o processo eleitoral teria sido um fracasso se fosse realizado em 14 de fevereiro. "Há a suspeita de que nenhum partido parece bem preparado para o trauma de uma derrota. O que a Nigéria precisa depois de a poeira assentar nesta eleição é não apenas um governo eficaz, mas uma oposição eficaz", disse Anthony Goldman, especialista em Nigéria da consultoria PM Consulting, em Londres, à BBC.

A compra de voto também é um problema apontado pela agência. Os principais partidos políticos nigerianos têm distribuído sacos de arroz para os eleitores, para tentar influenciar o resultado da votação.

Outras questões de influência
Outras questões – tribais, religiosas e de divisões regionais - influenciam a votação, segundo disse ao G1 Obo Effanga, coordenador de governança da organização de direitos humanos ActionAid Nigéria, que realiza encontros sobre participação política em comunidades de 12 estados do país.
Cartaz de campanha do presidente Goodluck Jonathan é visto em a uma construção em Yenagoa (Foto: REUTERS/Akintunde Akinleye)

"A Nigéria é um país muito populoso, diverso e historicamente complexo. Há mais de 170 milhões de pessoas pertencentes a centenas de diferentes tribos que, ao longo dos anos, se misturaram e se casaram. O poder de influência de líderes tradicionais, líderes religiosos ou, no caso de algumas mulheres, de seus maridos, é uma das questões mais importantes neste quesito na Nigéria hoje em dia”, diz.

“No passado, as divisões regionais tiveram influência mais clara sobre os eleitores: os do norte do país costumavam votar num candidato a presidente originário de uma das zonas geopolíticas do norte do país; enquanto os do sul, muitas vezes, votavam em um candidato originário de sua mesma região”, afirma Effanga.

Ele afirma que este quesito pode mudar nestas eleições. “Embora os atuais candidatos a presidente sejam do sul e do norte (Goodluck Jonathan e Muhammadu Buhari, respectivamente), parece que as alianças regionais não desempenharão um papel forte nas eleições deste ano. Cada vez mais, há um foco importante em questões políticas, como a prestação de serviços públicos”, conta o ativista.

Principais candidatos
O partido do presidente Goodluck Jonathan governa o país desde o fim da ditadura no país, em 1999. Sua insistência em se candidatar fez com que muitos políticos fossem para a oposição, sob o argumento de que ele quebra uma regra não escrita de alternância de poder entre candidatos do sul, predominantemente cristão, de onde é Jonathan, e o norte, predominantemente muçulmano.

Jonathan perdeu muito apoio desde sua vitória em 2011, e as pesquisas indicam uma disputa acirrada.
Pessoas passam por cartazes do candidato Muhammadu Buhari em Kano (Foto: REUTERS/Goran Tomasevic)

Muhammadu Buhari é o candidato lançado por uma coalização da oposição formada há dois anos. Ele perdeu para Jonathan nas eleições de 2011, o que provocou os tumultos que deixaram mil pessoas mortas. Uma queixa no Tribunal Penal Internacional de Haia acusa Buhari de instigar a violência, acusação que ele nega.

Esta eleição é apenas a oitava desde a independência da Grã-Bretanha, em 1960, e, de acordo com análise da Associated Press, a primeira a levantar a possibilidade de transferência democrática do poder, já que nenhum presidente jamais perdeu a eleição. Para o chefe da Comissão Nacional de Direitos Humanos, Chidi Odinkalu, isso deveria ser “motivo de celebração”, segundo disse à agência.

AUTOR: G1/SP

PALIO CAPOTA NA PI-130 EM TERESINA (PI), DEIXANDO 3 FERIDOS E IDOSA MORTA

Um grave acidente na tarde desta sexta-feira (27/03), deixou três pessoas feridas e uma morta na PI-130, próximo ao povoado Cerâmica Cil, zona Sul de Teresina.

Um Fiat Palio que levava as vítimas saiu da pista e capotou. Tudo indica que o motorista tenha perdido o controle do veículo. Maria José da Silva, de 63 anos, que estava no banco traseiro, morreu na hora.

As outras três pessoas tiveram apenas leves ferimentos e foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e depois encaminhados para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

A perícia foi acionada e fez o levantamento do que pode ter provocado o acidente, já que não houve outro veículo envolvido no fato. Uma equipe dos bombeiros também foi acionada por conta do risco de vazamento de combustível.
AUTOR: 180 GRAUS/Fotos: TV Antena 10

MOTORISTA MORRE AO SER SACADO DA CABINE DE CAMINHÃO, NO PIAUÍ

Um caminhão do tipo Ford Cargo de placa JHN 2293 de Campo Maior-PI, carregado de arroz, tombou por volta das 14h desta sexta-feira (27/03), nas proximidades da localidade Catombo, entre os municípios de Batalha e Barras, região Norte do Estado.

O motorista do caminhão, que não teve a identidade revelada, foi sacado da cabine e teve morte imediata. O caminhão ficou completamente destruído.

Policiais Civis da cidade de Batalha estiveram no local realizando a perícia para posteriormente ser emitido um laudo apontando as causas do acidente. Por não ter nenhum outro veículo envolvido, acredita-se que o motorista tenha perdido o controle do veículo por conta da carga que era levada.

O corpo do motorista foi encaminhado para o Hospital Messias Melo na cidade de Batalha para a realização de exame cadavérico.

A carga de arroz que ficou espalhada pela rodovia estaria sendo saqueada por pessoas que passavam pelo local.
AUTOR: Jornal Esp

AVIÃO SAI DA PISTA APÓS POUSO, EM GUARACIABA DO NORTE (CE)

O fato aconteceu na noite de quinta feira, (26-03), no Sítio Quicé em Guaraciaba do Norte, em uma pista de pouso pertencente ao Ex. Prefeito de Guaraciaba, Assis Teixeira. Segundo relatos que nos chegaram através de moradores da região, o avião de pequeno porte, foi pousar e naquele campo de pouso e teria saído da pista.

Não se trata de uma queda de avião como andam noticiando, o avião que até o momento não nos foi informado a quem pertence, apenas saiu da pista no momento do pouso e que nada aconteceu com seus ocupantes, as informações é que apenas três pessoas estariam na aeronave e que ninguém se feriu. 

Vale ressaltar que apesar de ser uma propriedade particular, vez ou outra é usado para pouso de pequenos aviões.

O avião sofreu algumas avariações e até o final da tarde desta sexta feira, (27-03), ainda estaria no local onde aconteceu o fato.

Até o momento não se sabe o que de fato aconteceu e nem o que provocou a saída da aeronave da pista, são muitas as especulações a respeito dos fatos, mas nada oficial até o fechamento desta matéria
Fotos reprodução facebook
AUTOR: PORTAL DA IBIAPABA

DOMINGO DE RAMOS INICIA A SEMANA SANTA NO CEARÁ

Neste ano, no âmbito da Diocese de Iguatu, nas 22 paróquias, a sugestão é que para o ritual do lava-pés sejam convidadas pessoas que prestam serviços à comunidade FOTO: HONÓRIO BARBOSA

A celebração do Domingo de Ramos, que neste ano transcorre amanhã, dia 29, assinala para os católicos o início dos ritos sagrados da Semana Santa. As nove dioceses do Ceará têm programação especial, com missa, Bênção dos Ramos e procissão. Milhares de devotos devem participar dos atos religiosos que seguem até o próximo dia 5, quando se comemora o Domingo da Ressurreição, isto é, o início da Páscoa para os cristãos.

A Igreja Católica vive, nos últimos 40 dias, tempo especial de liturgia. No dia 18 de fevereiro passado, após o Carnaval, começou a Quaresma, com a celebração da quarta-feira de Cinzas, tempo de penitência, oração, jejum e caridade. Momento de preparação para as celebrações da Semana Santa. Agora os cristãos católicos vivem a expectativa de celebrar, no decorrer da semana que vem, a instituição da eucaristia, a paixão, morte e a ressurreição de Jesus Cristo.

"É um tempo especial que estamos vivenciando", disse o bispo emérito da diocese de Iguatu, dom José Mauro Ramalho. "Os católicos devem ser solidários, caridosos, praticarem penitência, jejum, orações e mostrarem arrependimento dos seus pecados", acrescentou. A Igreja, em todas as dioceses, promove mutirões de confissões.

Na próxima quinta-feira, haverá o ritual do lava-pés, durante a celebração da Missa da Ceia do Senhor. É a liturgia da instituição da Eucaristia (comunhão da hóstia sagrada). Neste dia, ocorre também a bênção dos santos óleos que serão usados ao longo dos anos nas paróquias por ocasião dos sacramentos: batismo, crisma e unção dos enfermos.

O ritual do lava-pés é a repetição do gesto de Jesus Cristo, que lavou os pés dos apóstolos. As celebrações acontecem em todas as paróquias e assinala o início do tríduo pascal (eventos religiosos da quinta-feira, sexta-feira e sábado de Aleluia). A cerimônia da Ceia do Senhor representa o último encontro de Jesus Cristo com os apóstolos.

Neste ano, no âmbito da diocese de Iguatu, nas 22 paróquias, a sugestão é que para o ritual do lava-pés sejam convidadas pessoas que prestam serviços à comunidade, tendo por base a campanha da Fraternidade que apresenta como tema central "Eu vim para servir". O padre Carlos Roberto Alencar, da Paróquia de Senhora Sant'Ana, disse que foram convidados médicos cubanos que trabalham no Programa Mais Médico e servidores públicos que passaram a morar e trabalhar em Iguatu, após aprovação em concurso.

Para a Igreja Católica, o ritual do lava-pés é mais do que uma simples repetição do que fez Jesus Cristo, ao mostrar humildade em lavar os pés dos seus seguidores diretos. "Queremos lembrar o serviço que nós cristãos devemos ter, a humildade e a fraternidade com as pessoas necessitadas", observou o padre Afonso Queiroga, vigário geral da diocese de Iguatu.

Os sacerdotes observam que a Semana Santa tem um significado especial para os cristãos, que é deixar o pecado de lado e renascer para uma nova vida. "Esse é o sentido da Páscoa", frisou Queiroga. Nos últimos anos, a Igreja tem criticado o comportamento de muitos católicos que aproveitam esses dias feriados para "entrarem numa bebedeira exagerada, com muita comilança".

Para o bispo emérito, dom José Mauro Ramalho, os fiéis deveriam trocar o consumo exagerado de alimentos e bebidas por reflexão entre a família, abstinência e jejum.

Na próxima quarta-feira, algumas paróquias no Ceará realizam a procissão dos Passos, que reúne imagens de Nossa Senhora das Dores e de Jesus Cristo. Nesta cidade, um grupo de mulheres conduz a imagem de Maria Santíssima a partir da Capela de Santa Luzia e os homens caminham com a imagem de Jesus, a partir da Capela de Santa Rita. Os dois grupos se encontraram na Praça da Matriz de Senhora Sant'Ana onde em seguida é celebrada missa.

Procissão do Senhor

Na Sexta-Feira Santa é celebrada a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo, com a solenidade de Adoração da Cruz. Na Igreja Matriz de Senhora Sant'Ana será mantida a tradição e haverá a procissão do Senhor Morto, pelas ruas da cidade, a partir das 17 horas. A caminhada reúne milhares de fiéis. Após o fim da procissão, começa o período de adoração e vigília pascal. Na Sexta-Feira Santa não há missa. A Eucaristia é abençoada na celebração da Ceia do Senhor, no dia anterior.

No sábado, a Igreja Católica celebra a Vigília Pascoal. A Semana Santa termina nesta data, pois no Domingo da Ressurreição começa a Páscoa para os cristãos que dura 50 dias.

O padre Afonso Queiroga, da paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no bairro Prado, reforçou a oportunidade que a Semana Santa oferece para os cristãos. "O jejum, a fraternidade, o arrependimento e a preparação para uma vida nova, na Páscoa", disse. "O esforço é que as pessoas mudem, e não voltem a repetir as suas falhas".

AUTOR: DN

LICITAÇÕES DA PREFEITURA E CÂMARA DO CRATO (CE), SOB SUSPEITA

Os promotores estaduais de Justiça deram detalhes da operação na tarde de ontem, em entrevista coletiva, no município do Crato FOTO: ROBERTO CRISPIM

Uma operação conjunta envolvendo nove promotores de Justiça, sete delegados de polícia e cerca de 100 policiais civis e militares cumpriu, ontem, neste município, 15 dos 51 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça como parte das investigações que apuram possíveis fraudes cometidas durante a realização de processos licitatórios na Prefeitura e na Câmara Municipal de Crato.

As investigações foram iniciadas a partir de relatórios elaborados pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), que apontaram indícios de irregularidades na aquisição de equipamentos, merenda escolar vencida e superfaturamento na rota de transporte escolar, além da realização de pagamentos de serviços contratados pela Prefeitura que não teriam sido prestados.

Os mandados expedidos pela Justiça foram cumpridos na sede da Prefeitura Municipal, no prédio onde funciona a Câmara de Vereadores, bem como em um anexo localizado nas proximidades da Casa Legislativa. Além disso, as residências de secretários municipais e de um vereador, além de empresários suspeitos de participarem do possível esquema de fraudes, também foram alvo da operação.

Membros da comissão de licitação da Prefeitura e um advogado também estão sendo investigados pela força-tarefa. Durante a operação, denominada 'Hora da Verdade', foram apreendidos oito computadores, aparelhos celulares, pendrives, documentos, processos licitatórios e a quantia de R$ 31,5 mil encontrada na casa de um dos secretários da administração municipal.

A operação também teve como objetivo a coleta de elementos de prova para a finalização das investigações, que indicam a existência de um suposto esquema de contratações indevidas, incluindo dispensas de licitação em favor de doadores de campanha do atual prefeito do Crato, Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos (PMDB).

"A investigação iniciou-se tendo como base dois processos no âmbito do TCM, onde foram constatadas inúmeras irregularidades, tanto atos de improbidade quanto crimes, se confirmados, evidentemente, nos anos de 2013 e 2014. Dentre as irregularidades verificadas na Prefeitura, houve a contratação de doadores de campanha do prefeito Ronaldo Sampaio, mediante dispensa de licitação que apresentavam graves vícios. Também foi constatado que havia várias propostas de preços com formatações idênticas, o que levou o TCM a 'concluir', que foram produzidas pela mesma pessoa", informou o promotor de Justiça Igor Pinheiro.

Na Câmara de Vereadores também foram encontrados indícios de irregularidades. "Das sete licitações que deveriam ter sido apreendidas na comissão de licitação, apenas quatro estavam na sala da contabilidade. Ao analisar a documentação nós percebemos que alguns pagamentos tinham sido realizados, sem que a licitação tivesse acontecido. Das licitações de 2013 e 2014 nós já temos prova de que a comissão de licitação era só de fachada. Quem atuava era uma empresa contratada, que tomava conta de tudo e o pessoal da comissão apenas assinava as documentações", afirmou o promotor Breno Rangel.

Prefeito

O prefeito de Crato, Ronaldo Sampaio Gomes de Mattos, disse não temer as investigações e que tanto ele quanto os secretários municipais estão à disposição do Ministério Público. "Quem não deve não teme. Minha casa, a casa dos meus secretários e a Prefeitura estão abertas. Vamos aguardar a apuração de todos os fatos e continuar trabalhando em busca de projetos que possam contribuir para o desenvolvimento do nosso município", finalizou o gestor.

AUTOR: DN

OPERAÇÃO FIDÚCIA: EMPRESÁRIO SE APRESENTA NA PF

O advogado Leandro Vasques conseguiu a liberação de William na noite de ontem FOTO: NATINHO RODRIGUES

O empresário William Bezerra Segundo, um dos investigados pela Polícia Federal (PF) na Operação Fidúcia, deflagrada na última terça-feira, apresentou-se espontaneamente, na manhã de ontem, na sede do órgão, em Fortaleza. No entanto, menos de nove horas depois, foi liberado por força de um habeas corpus expedido pela Justiça.

O homem apontado pela Polícia como suspeito de participar de uma fraude milionária contra a Caixa Econômica Federal (CEF) tinha mandado de prisão temporária expedido contra ele e era uma das três pessoas que ainda não tinham sido localizadas. William Segundo estava viajando para outro estado.

Além dele, a Polícia ainda procura o empresário Fernando Hélio Alves Carneiro; e o superintendente da Caixa Econômica, Antônio Carlos Franci. Ambos estão em viagem, nos Estados Unidos, conforme seus advogados, e já tiveram a revogação de suas prisões solicitadas.

Leandro Vasques disse que o William Segundo se apresentou por volta das 10h, prestou depoimento e foi encaminhado à Perícia Forense do Ceará (Pefoce para fazer exame de corpo de delito. Depois disto, foi levado à Delegacia de Capturas e Polinter (Decap). "A realização dos exames demorou e quando ele chegou à Delegacia, já recebeu a notícia de que seu habeas corpus havia sido concedido. Não chegou nem a ser detido em uma cela", declarou.

A decisão pela liberdade do suposto envolvido no esquema, foi expedida pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, em Recife. "A liberdade foi concedida depois do delegado que preside as investigações e o Ministério Público Federal (MPF) terem sido ouvidos e dado parecer favorável ao recurso", disse Vasques.

Conforme as investigações, o empresário seria sócio de empresas beneficiadas com empréstimos fraudulentos. No entanto, conforme Vasques, William e outros empresários, denunciaram, em agosto de 2014, ao MPF, terem sido vítimas de Fernando Carneiro Filho, apontado nas apurações da PF, como um dos 'cabeças' da fraude.

Investigações

A Operação Fidúcia investiga o desvio de aproximadamente R$ 100 milhões obtidos por meio de empréstimos fraudulentos junto à CEF, em pouco mais de um ano e meio. Durante os trabalhos, os policiais recolheram veículos de luxo; como uma Maserati, avaliada em R$ 1,2 milhão e até um avião de pequeno porte. Ao todo, foram retidos 14 veículos, R$ 192 mil, US$ 10 mil, joias e relógios. Os bens foram bloqueados pela Justiça Federal.

AUTOR: DN

MULHER DE SUBTENENTE NÃO COMPARECE À RECONSTITUIÇÃO

Em dezembro do ano passado, na primeira reconstituição, Francilewdo e Cristiane passaram cerca de quatro horas no local do crime FOTO: KID JÚNIOR

Uma nova reconstituição do crime que resultou na morte do menino Lewdo Ricardo, 9, em novembro do ano passado, aconteceria na manhã de ontem, mas a mãe da criança não compareceu. Alegando uma tendinite no joelho, Cristiane Renata Coelho Severino disse estar impossibilitada de apresentar-se à Polícia. O subtenente do Exército Brasileiro (EB), Fracilewdo Bezerra Severino, esteve no 16ºDP (Dias Macêdo) com o advogado dele.

Ao delegado que preside o inquérito, Wilder Brito Sobreira, o advogado Paulo Quezado, que representa Cristiane, entregou um documento com atestado médico e foto do joelho dela. O documento pede repouso de dez dias à paciente. Com as alegações apresentadas pela suspeita, o delegado marcou uma nova reconstituição para o dia 8 de abril, às 10h. As partes devem apresentar-se no 16º DP.

Essa será a segunda reconstituição do crime. Ainda em dezembro, Francilewdo e Cristiane passaram cerca de quatro horas no local do crime. Segundo o delegado, essa nova ação foi solicitada pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

Sobreira revela que foi contra a nova reconstituição. "Não foi requerida por mim. A Perícia solicitou ao promotor de Justiça, que achou que devia ser feita. Eu fui relutante, porque nós até já entregamos a casa. Honestamente, eu não sei o porquê dessa requisição", disse.

Segundo Walmir Medeiros, advogado do subtenente, a mulher está obstruindo o trabalho da Justiça e se esquivando para não esclarecer os fatos. Para o pai do menino, Cristiane não tem interesse em esclarecer os fatos. "Ela está protelando o máximo que pode para tentar se defender. Das outras vezes que compareci aqui, cheguei com o abdome aberto. Se eu quero descobrir quem matou meu filho, eu venho de qualquer jeito", dispara Severino.

Ele acusa ainda, a esposa de lhe negar contato com Lucas, o filho de cinco anos, que está sob a guarda da mulher. O subtenente alega que nem mesmo por telefone conseguiu contato com o filho. Tão logo o inquérito seja concluído, o pai ressalta que vai solicitar a guarda da criança.

Paulo Quezado, advogado de Cristiane Coelho, disse que ela quer ver o caso esclarecido. "Ela não pode estar aqui e isto está documentado com laudos médicos e fotografias. Está sofrendo de uma tendinite violentíssima e o filho está com uma virose profunda", disse Paulo Quezado.

Quanto à possibilidade da cliente estar dificultando o contato entre pai e filho, Quezado disse que Cristiane, sequer, foi procurada. "Ele tem o direito de ir à Justiça solicitar as visitações. Se quiser, basta requerer ao juiz".

AUTOR: DN

ACUSADO DE ROUBO A BANCO É PRESO, EM EUSÉBIO (CE)

Francisco Bentis Ferreira de Oliveira, 28, foi capturado no município de Eusébio por policiais federais

A Polícia Federal (PF) prendeu na manhã de ontem um foragido da Justiça Federal do Ceará, condenado por assalto a uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF), ocorrido em 2007.

O homem foi localizado pelos federais no município de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) com um documento falso. Francisco Bentis Ferreira de Oliveira, 28, natural de Ipu, havia sido condenado a nove anos de reclusão por participação do assalto à agência da Caixa Econômica Federal, em 2007, em Maranguape.

Conforme o processo, na tarde do dia 17 de agosto de 2007, Francisco Bentis e outro homem, ambos armados com pistolas, invadiram a agência da Caixa em Maranguape. Eles renderam uma funcionária no momento em que ela reabastecia os caixas eletrônicos. Os bandidos fugiram com malotes que totalizavam R$ 15 mil

A dupla roubou ainda a arma do segurança, um revólver calibre 38. Após o roubo, eles fugiram em uma motocicleta Honda Strada, de cor azul, mas na fuga atropelaram um pedestre no centro de Maranguape, caíram da moto e derrubaram parte do dinheiro roubado e um telefone celular que, posteriormente ajudou na identificação dos dois suspeitos do crime.

Como o veículo que utilizavam ficou avariado, eles roubaram outra moto e conseguiram fugir do local. A dupla foi reconhecida pelas vítimas e por testemunhas por meio de fotografias.

A denúncia foi feita pelo Ministério Público Estadual a 2ª Vara da Comarca de Maranguape, mas a Justiça Estadual reconheceu a competência da Justiça Federal para dar prosseguimento ao processo.

Francisco Bentis foi preso por outro assalto a banco, em Aracoiaba, em 2008, após ser baleado. Em depoimento, negou as acusações. Em novembro de 2012, foi condenado a 16 anos e 7 meses de prisão pelo juiz Danilo Fontenelle Sampaio, da 11ª Vara da Justiça Federal.

Capturas

Após a prisão na manhã de ontem, o condenado foi conduzido à Delegacia de Capturas (Decap) e depois será transferido para um presídio na RMF.

AUTOR: DN

HOMEM É MORTO A CAMINHO DA IGREJA, EM FORTALEZA (CE); E TJ NEGA LIBERDADE A SUSPEITOS DE MATAR ADVOGADO

Messejana
Homem é morto a caminho da igreja

Um homem foi morto quando estava indo para uma igreja evangélica, na Avenida Mem de Sá, no bairro Messejana, ontem. Conforme a Polícia, a vítima identificada como Antônio Robson da Silva Barbosa,24, respondia por homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Antônio Robson tinha sofrido um atentado em Aquiraz, ano passado.

Advogado assassinado
TJ nega liberdade a suspeitos de crime

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) manteve a prisão de Antônio Silvano Alves e Cleiton Silva de Sousa, acusados de matar um advogado no bairro Antônio Bezerra, em Fortaleza. Em agosto de 2013, os acusados teriam matado Evaneudo Soares Martins. A dupla foi presa em 29 de janeiro do ano passado, após investigação policial.

AUTOR: DN

sexta-feira, 27 de março de 2015

CRIANÇA DE 4 ANOS MORRE APÓS SER ATINGIDA POR TV DENTRO DE ESCOLA, EM VALADARES (MG)

Televisão de 20 polegadas ficou intacta com a queda (Foto: Reprodução/Inter TV dos Vales)

Um menino de quatro anos morreu após ser atingido por um suporte com uma televisão dentro de uma escola municipal em Governador Valadares, nesta quarta-feira (25). Segundo a Secretaria de Educação da cidade, a criança e um amigo estavam brincando quando pularam na grade do suporte da TV, de 20 polegadas, que virou e caiu em cima das duas crianças.

Ainda de acordo com a secretaria, o acidente foi no final da aula. A mãe do garoto teria ido à escola para buscar o filho. O menino já estava no portão com a mulher e pediu para retornar na sala de aula, para buscar alguns objetos. No local, ele teria visto outro garoto brincando no suporte e foi participar da brincadeira, momento que aconteceu o acidente.
Criança segurou na grade do suporte que virou (Foto: Reprodução/Inter TV dos Vales)

O SAMU prestou os primeiros socorros a criança, que foi encaminhada ao hospital. Ele morreu após receber atendimento. O outro menino também foi levado ao hospital, ele teve ferimentos na cabeça e não corre risco de morte.

A Secretaria Municipal de Educação vai apurar o caso. A escola decretou luto de dois dias.

AUTOR: G1MG

JAPÃO CONSTRÓI MURALHA CONTRA TSUNAMIS

muralha é feita de cimento e formada por uma cadeia de paredes menores e blocos que facilitam a construção (Foto: AP)

O governo do Japão está construindo uma grande muralha para se proteger de tsunamis.

A construção terá 12,5 metros de altura e se estenderá por mais de 400 quilômetros na costa noroeste do país.

A muralha é feita de cimento e formada por uma cadeia de paredes menores e blocos que facilitam a construção.

A obra custou algo em torno de US$ 6,8 bilhões (mais de R$ 21 bilhões) e visa evitar um desastre parecido com o ocorrido em março de 2011, no qual um tsunami provocado por um terremoto no Oceano Pacífico destruiu comunidades costeiras e a usina nuclear de Fukushima, deixando um total de 19 mil mortos.

Os que são a favor do projeto afirmam que a muralha é uma espécie de mal necessário e alegam que a edificação ainda pode criar novos postos de trabalho. Estima-se que a construção do muro demore dois anos.

Os críticos da muralha afirmam que ela vai arruinar completamente a paisagem, prejudicar os ecossistemas marinhos e a indústria pesqueira local.

Falsa segurança?
Segundo vários especialistas, a muralha pode reduzir a potência do impacto de um eventual tsunami e, desta forma, o dano causado pela onda. Mas, também pode criar uma espécie de falsa confiança.

Muitos dos que morreram ou desapareceram no último tsunami não prestaram atenção aos alertas de perigo.

Margarta Wahlstrom, diretora do Escritório da ONU para Redução de Riscos em Desastres, lembra que a falta de uma infraestrutura básica pode ser catastrófica quando países em desenvolvimento são atingidos por estes fenômenos. Mas a dependência extrema deste tipo de proteção pode fazer com que as pessoas se sintam seguras demais.

"Há uma fé exagerada na tecnologia como solução, apesar de tudo que aprendemos, nos mostra que o conhecimento e a intuição das pessoas é o que faz a diferença. A tecnologia, de fato, nos torna um pouco mais vulneráveis", disse Wahlstrom durante uma conferência na semana passada em Sendai, Japão.

Akie Abe, esposa do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, também fez críticas ao projeto.

Na opinião de Akie, a muralha fará com que os moradores das cidades costeiras não fiquem atentos aos sinais de um tsunami no futuro. Além disso, para ela, a manutenção desta muralha será cara.

Eficácia questionada
Outros duvidam até da eficácia da muralha.

"O mais seguro é que as pessoas vivam em locais mais elevados e que suas casas e locais de trabalho estejam em áreas diferentes. Se fizermos isto, não precisaremos de uma grande muralha", disse à agência AP Tsuneaki Iguchi, prefeito de Iwanuma, cidade que ficou debaixo d'água no último tsunami.

As provas quanto à utilidade da muralha não são unânimes.

Em 2011, a localidade de Fudai, no noroeste da ilha, escapou das ondas graças a um sistema de comportas e um muro. Estas construções foram feitas graças a um prefeito do local que enfrentou um tsunami e fez com que a construção do muro fosse uma prioridade de seu governo.

O projeto, iniciado na década de 1970, foi muito criticado, classificado como um gasto desnecessário. Mas, graças a este projeto, Fudai se manteve de pé.

No entanto, na região de Kamaishi, na prefeitura de Iwate, um grande muro que demorou três décadas para ficar pronto a um custo de US$ 1,6 bilhões (mais de R$ 5 bilhões) desmoronou durante o tsunami de 2011 e deixou a cidade totalmente sem defesas.

Mas, apesar de as obras da grande muralha já estarem em andamento, o certo é que nenhum projeto de construção poderá eliminar totalmente a necessidade de proteção dos fenômenos mais violentos da natureza.

"O que quero destacar é que não importa o que as pessoas tentem criar, não vamos vencer a natureza. Por isso nós, humanos, temos que encontrar uma forma de coexistir com ela. É preciso fugir quando há perigo. O mais importante é salvar sua vida", disse à agência de notícias AP Takeshi Konno, prefeito da cidade costeira de Rikusentakata.

AUTOR: BBC

TIANGUÁ AGORA NO TWITTER!

Real Time Analytics