I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

EM MENOS DE 4 ANOS DO BLOG!

EM MENOS DE 4 ANOS DO BLOG!
AGRADEÇO À VOCÊ AMIGO LEITOR!

CURTIR TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

PLACAR DA RODADA!

Placares ao vivo oferecidos por www.futebol.com

CURTIR TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

TELEFONES IMPORTANTES!

TECNO FILMES DO BRASIL

GRUPO GEAN - ÓTICA GEAN E HOTEL GEAN

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

PAI E FILHA MORREM EM ACIDENTE COM AMBULÂNCIA, NO PARANÁ

O motorista da ambulância ficou preso às ferragens; um auxiliar de enfermagem também ficou ferido no acidente (Foto: Eduardo Fornari / RPC TV)

Pai e filha morreram em um acidente com uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em que seguiam na noite de terça-feira (21) para um hospital de Cascavel, no oeste do Paraná. O motorista do veículo que havia saído do distrito de Rio do Salto perdeu o controle da direção e capotou, batendo de frente em uma árvore às margens da PR-180.

De acordo com os bombeiros, o paciente de 87 anos e a acompanhante, de 55 anos, morreram no local. A família havia pedido socorro porque o idoso, que sofria de câncer, havia desmaiado. O condutor ficou preso às ferragens da ambulância reserva e um auxiliar de enfermagem também se feriu. Os dois foram socorridos e levados em estado grave para o hospital São Lucas. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o estado de saúde de ambos nesta tarde é estável e não há previsão de alta.

As causas do acidente serão investigadas pela polícia.
Interior da ambulância ficou praticamente destruído depois de capotar e bater em uma árvore às margens da rodovia (Foto: Eduardo Fornari / RPC TV)

AUTOR: G1/PR

CRIANÇA DE 8 ANOS, SUSPEITA DE PASSAR 5 MIL TROTES, É FLAGRADA PELA PM DE SÃO PAULO

Menina foi levada à Delegacia da Mulher em Botucatu (Foto: Reprodução / TV TEM)

Uma criança de 8 anos é suspeita de passar mais de 5 mil trotes telefônicos na central de atendimento de ocorrências da Polícia Militar, em Botucatu (SP).

De acordo com informações da PM, em cinco meses foram registradas 5.657 ligações de um celular que foi apreendido com a menina na terça-feira (21).

A polícia já monitorava o número do celular que constantemente fazia ligações ao Centro de Operações da Polícia. “Na terça-feira, uma atendente segurou a menina na linha até que uma viatura chegasse ao local. Ela foi encontrada na Praça da Juventude, local de onde passava os trotes”, informou o sargento da PM Adriano Arruda ao G1.

Conforme as investigações, a menina solicitava viaturas da polícia para atender ocorrências falsas, como informação de furtos e pedidos de socorro. “Ela ligava e pedia ajuda. Esse tipo de ocorrência é muito complicada porque os carros que estão mobilizados poderiam estar atendendo situações graves”, ressalta o sargento.

A criança, acompanhada da avó, foi encaminhada para a Delegacia de Defesa da Mulher de Botucatu, onde foi ouvida e liberada.

Segundo a polícia, o Copom de Botucatu atende outras oito cidades da região pelo 190. Por dia, o serviço recebe entre 400 e 500 ligações sendo que, em média, 20% delas são trotes. Em caso de condenação (adultos), o responsável pelo trote poderá receber pena de detenção de 1 a 6 meses ou pagamento de multa. Já no caso de ser crianças e adolescentes, o caso é encaminhado para a Vara da Infância e Juventude.

AUTOR: G1/SP

ROBINHO NEGA ACUSAÇÃO DE ESTUPRO NA ITÁLIA

O atacante Robinho, do Santos, se manifestou na tarde desta quarta-feira sobre o suposto caso de estupro coletivo do qual é acusado pela justiça italiana. 

O jornal "Corriere dello Sport", da Itália, publicou reportagem nesta manhã sobre a investigação da Justiça do país sobre o possível abuso contra uma jovem brasileira de 18 anos, que denunciou o jogador por violência sexual em 2013, quando ele ainda defendia o Milan. 

Em um vídeo divulgado pela Santos TV, o ídolo desmente a notícia e lamenta a acusação.

Aparentemente chateado pela situação, Robinho ressaltou a família, os amigos e as crianças que se espelham nele. Além disso, agradeceu o apoio de todos.

- Venho me pronunciar pela primeira e última vez sobre o assunto. Em respeito a minha família e a todas as pessoas que gostam de mim. Hoje acordei com uma notícia muito triste e mentirosa, que me deixou profundamente revoltado, sobre um site que eu me envolvi com uma garota que eu não sei quem é, não conheço, desconheço qualquer informação desse calão. Quem me conhece sabe da minha índole, sabe do meu caráter e, graças a Deus, tenho uma família abençoada, tenho esposa, tenho filhos e tenho milhões de crianças que se espelham em mim. 

Fiquei muito triste e muito revoltado com essa notícia. Então espero que os meios de comunicação tenham responsabilidade em publicar qualquer tipo de notícia, pois os meus advogados sabem que qualquer informação que seja mentirosa, eles vão tomar as medidas cabíveis. Venho agradecer aos torcedores de todos os lugares que me mandaram mensagens carinhosas e, em especial, aos torcedores do Santos. Mesmo com essa notícia mentirosa e eu ficando muito revoltado, não vai tirar meu foco do Santos e do meu bom momento aqui no clube - comentou.

Antes do vídeo, o site oficial do jogador também descartou qualquer envolvimento dele no caso e disse que as providências cabíveis contra a divulgação da informação já estão sendo tomadas.

- Robinho afirma que não tem qualquer participação no episódio mencionado. Todas as providências legais já estão sendo tomadas - divulgou o craque. Em uma parte da nota, o camisa 7 do Peixe, através de sua equipe de assessores, lamentou as acusações envolvendo seu nome e afirmou que não teve qualquer participação no caso.

O caso

Segundo o "Corriere dello Sport", Robinho conheceu a jovem em janeiro de 2013, durante um jantar em Milão, ocasião em que o atleta estava com amigos e sua esposa. O estupro teria acontecido nessa noite. A denúncia foi feita "alguns meses mais tarde", de acordo com o jornal.

Coordenada pelo vice-procurador Pietro Forno e pela promotora Alessia Mel, a investigação colheu o depoimento da suposta vítima e, no último verão europeu (meio do ano), Robinho prestou esclarecimentos. O Ministério Público chegou a pedir a prisão do jogador, mas a juíza Alessandra Simion rejeitou o pedido de custódia por achar que não havia razão para a precaução, nem risco de reincidência, fuga ou supressão de provas.

Em 2009, Robinho foi acusado de estupro, na época que defendia o Manchester City. Uma jovem o acusou de abuso numa boate em Leeds. Houve uma investigação policial e, após apuração dos fatos e vídeos do local, foi comprovado que a jovem estava mentindo.

Confira a nota completa divulgada pelo atleta

Diante das informações envolvendo o jogador de futebol Robson de Souza (Robinho), noticiadas irresponsavelmente hoje nos meios de comunicações da Itália, e replicadas no Brasil sem qualquer apuração quanto à sua veracidade, Robinho afirma que não tem qualquer participação no episódio mencionado. Todas as providências legais já estão sendo tomadas.

Robinho lamenta o episódio, que é levantado sem qualquer fundamento, justamente em um período que atravessa uma boa fase profissional, pessoal e familiar.

Em relação ao caso de Londres, fato não apurado profundamente pela imprensa e lembrado agora de forma oportunista, Robinho informa que foi acusado de forma leviana e mentirosa; sendo que, após investigação policial (concluída), foi comprovada a sua inocência, e, em contrapartida, a autora da falsa acusação foi denunciada pela polícia londrina e responde processo pelo crime de falsa acusação e calúnia.

Robinho afirma que, apesar de revoltado, está muito bem amparado pela família e em Deus. Ele agradece a todos que torcem por ele, que conhecem sua índole, e, portanto, sabem que jamais cometeria tal ato.
Robinho Santos (Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC)

AUTOR: GLOBO ESPORTE

NO MÉXICO, MANIFESTANTES QUEIMAM PREFEITURA NA CIDADE DOS DESAPARECIDOS

Fachada da prefeitura de Iguala, no México, após manifestantes colocarem fogo (Foto: Jesus Guerrero/AFP)

Manifestantes atearam fogo na prefeitura da cidade mexicana de Iguala (sul do país), durante um protesto, nesta quarta-feira (22), pelo desaparecimento de 43 estudantes nessa localidade, há quase um mês.

Alguns dos milhares de professores e estudantes presentes no ato invadiram a prefeitura, que estava vazia, e puseram fogo no prédio.

Situada no centro dessa cidade de 140 mil habitantes, a sede do Executivo de Iguala foi praticamente esvaziada na última quinta-feira, quando o Sindicato dos Professores de Guerrero e outras organizações sociais anunciaram que planejavam assumir o controle das 81 prefeituras da região.

Todo o país acompanha com indignação a falta de notícias sobre o paradeiro dos 43 estudantes de uma escola rural de Magistério. Os jovens desapareceram na noite de 26 de setembro, depois de serem alvejados por policiais e por traficantes de drogas de um cartel local.

Nesta quarta, foi convocada uma nova jornada de protestos em nível nacional para exigir do governo de Enrique Peña Nieto que encontre os jovens vivos e que puna os responsáveis pelo crime.
Móveis são queimados por manifestantes na prefeitura de Iguala, no México (Foto: AP Photo/ Alejandrino Gonzalez)
Manifestantes quebram janelas da prefeitura de Iguala, no México (Foto: AP Photo/Alejandrino Gonzalez)

AUTOR: FRANCE PRESSE

DOLEIRA DA OPERAÇÃO LAVA JATO É CONDENADA A 18 ANOS DE PRISÃO

Nelma Kodama é acusada de ser parceira de Alberto Youssef (Foto: Célio Azevedo/Agência Senado/VEJA)

A doleira Nelma Mitsue Penasso Kodama, acusada de atuar em parceira com Alberto Youssef no esquema de lavagem de dinheiro que movimentou mais de R$ 10 bilhões, foi condenada a 18 anos de prisão, em regime inicialmente fechado, pela prática de 91 crimes de evasão de divisas. A sentença foi publicada nesta quarta-feira (22) pela Justiça Federal do Paraná. Cabe recurso.

Esta é a segunda sentença de ações originadas a partir da Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF). Todos os oito réus desta ação foram condenados. Segundo a Justiça, a movimentação ilegal operada por Nelma chegou a US$ 5.271.649,42 entre maio e novembro de 2013. A doleira também foi condenada por outros crimes: evasão de divisas, operação de instituição financeira irregular, evasão de divisas tentada, corrupção ativa e pertinência a organização criminosa.

O advogado Marden Esper Maués, que defende Nelma, disse ao G1 que vai recorrer. “Os réus que não participaram da delação premiada que, no meu entendimento é extorsão premiada, tiveram penas extremamente elevadas”, afirmou.

Nelma está presa na Casa de Custódia de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba. Ela foi presa no Aeroporto Internacional de Guarulhos durante a Operação Lava Jato em março deste ano. Conforme o Ministério Público Federal (MPF), a doleira tentou fugir – com 200 mil euros escondidos na calcinha – para a Itália ao saber que estaria sendo investigada pela Polícia Federal.

De acordo com a Justiça, Nelma era líder de um grupo criminoso. "Os crimes envolveram sofisticada engenharia financeira, com abertura de empresa de fachada no Brasil e em nome de pessoa interposta e com a abertura e utilização de contas em nome de off-shores no exterior, estas também postas em nome de terceiros. O emprego de esquemas sofisticados de evasão, não inerentes aos crimes, e acessíveis apenas a criminosos de grande sofisticação merece especial reprovação, devendo ser valoradas negativamente as circunstâncias dos crimes", diz trecho da sentença assinada pelo juiz federal Sérgio Moro. Na decisão, Moro considerou como atenuante o fato de Nelma Kodama ter socorrido um agente carcerário que sofreu um ataque cardíaco.

Conforme a decisão, a defesa da doleira afirmou, por exemplo, que não houve o crime de corrupção ativa e negou a prática de evasão de divisas. Segundo os advogados, em caso de condenação, a Justiça deveria considerar o fato de que Nelma Kodama ter ajudado o agente carcerário, descartando a possibilidade de fuga.

Além das condenações, bens dos réus foram confiscados.

Demais condenados desta ação
Iara Galdino foi condenada por evasão de divisas, por operar instituição financeira irregular, corrupção ativa e pertinência à organização. Somadas as penas, são 11 anos e nove nesses de reclusão.

A condenação de Luccas Pace Júnior foi por evasão de divisas, por operar instituição financeira irregular e pertinência a organização criminosa. Ele foi condenado, no total, a quatro anos anos, dois meses e 15 dias de reclusão. Luccas Pace Júnior fez acordo de delação premiada e, por essa razão, teve a pena reduzida pela metade. De acordo com a decisão do juiz, a redução máxima da pena não foi justificada, já que "a colaboração, embora, relevante, não agregou significativamente o quadro probatório contra os demais condenados. Além disso, as informações prestadas por Luccas Pace nas outras investigações ainda não demonstraram ser suficientemente relevantes".

O advogado de Luccas Pace Junior, Ricardo Rigotti Alice, explicou que seu cliente não ficará preso porque o período que ficou detido preventivamente é descontado da pena e, sendo assim, a pena a ser executada seria inferior a quatro anos, o que permite que seja convertida em prestação de serviços à comunidade. De acordo com o advogado, a prestação de serviços será definida por um juiz de execução penal.

Juliana Cordeiro de Moura foi condenada pelos crimes de evasão de divisas e de operação de instituição financeira irregular. A pena de Juliana foi de dois anos e dez dias de reclusão.

Cleverson Coelho de Oliveira foi condenado a cinco anos e dez dias de reclusão pelos seguintes crimes: evasão de divisas, operação de instituição financeira irregular e pertinência a organização criminosa. O advogado André Luis Romero de Souza, que defende Cleverson Coelho de Oliveira, informou ao G1 que irá recorrer porque considera a condenação injusta. “Não se coaduna com as provas existentes nos autos”, afirmou.

Maria Dirce Penasso foi condenada pelos crimes de evasão de divisas e de operação de instituição financeira irregular, com pena de dois anos, um mês e dez dias de reclusão. Já a condenação de Faiçal Mohamed Nacirdine foi de um ano e seis meses de reclusão por operar instituição financeira irregular. Marden Esper Maués, que além de Nelma, defende Maria Dirce e Nacirdine, disse que também vai recorrer na sentença dos dois. "Não houve participação ativas deles. Vamos recorrer".

Rinaldo Gonçalves de Carvalho foi condenado por corrupção passiva. A pena dele foi de dois anos e oito meses de reclusão.

O G1 não conseguiu localizar os advogados de defesa de Iara Galdino da Silva, Juliana Cordeiro de Moura e Rinaldo Gonçalves de Carvalho.

AUTOR: G1/PR

VÍDEO CAPTA MOMENTO DE ATAQUE AO PARLAMENTO CANADENSE

Equipes de segurança do Canadá em ação no parlamento, após ataque: relatos dão conta de que um dos atiradores foi morto (Foto: Chris Wattie/Reuters)

Uma série de tiroteios aconteceu nesta manhã na região onde está o parlamento na cidade de Ottawa (Canadá). Até o momento, não se sabe exatamente quantos autores estariam envolvidos, tampouco qual a motivação para os ataques.

Um dos atiradores foi morto pela polícia e um soldado que fazia a guarda em um dos locais atingidos ficou gravemente ferido. No local estava um repórter do jornal canadense Globe & Mail que conseguiu registrar em vídeo o momento em que se iniciou o tiroteio dentro do edifício.

De acordo com o jornal, um homem teria entrado pela porta da frente do Centre Block, prédio principal do complexo do parlamento, que é ainda usada por autoridades do governo do país e também por jornalistas credenciados.

O vídeo começa a ser gravado logo depois dos primeiros tiros e mostra os policiais já bloqueando o acesso de pessoas ao interior do edifício e seguindo pelo corredor principal em busca do suspeito, que dispara novamente.

Segundo a agência de notícias AFP, o primeiro-ministro do país, Stephen Harper, estava no local no momento do ataque, mas foi resgatado ileso. Testemunhas entrevistadas pela agência declararam ter ouvido cerca de 20 disparos. O prédio foi totalmente evacuado e ainda se encontra bloqueado.

VEJA:

AUTOR: AFP

DEPUTADO ZEZINHO ALBUQUERQUE ASSUME O GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ

Zezinho Albuquerque governa o Estado até 26 de outubro (Foto: ALCE/ Divulgação)

O presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado estadual Zezinho Albuquerque (Pros), assume, a partir desta quarta-feira, 22, o Governo do Estado. O governador Cid Gomes (Pros) anunciou, na terça-feira, 21, que tiraria nova licença para se dedicar à campanha de Camilo Santana (PT) à sucessão do Executivo.

A Mesa Diretora da Assembleia foi oficializada na manhã de hoje do pedido de licença de Cid que se estenderá até o domingo, 26, data do segundo turno das eleições. A posse de Zezinho Albuquerque aconteceu, hoje, no Palácio da Abolição. A presidência do Poder Legislativo passa para o primeiro vice-presidente da Casa, deputado Tin Gomes (PHS).

Primeiro turno

Nos últimos cinco dias de campanha para o primeiro turno, Cid Gomes também se licenciou para se dedicar à campanha de Camilo Santana. Na ocasião, o Governo do Estado ficou sob tutela do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Gerardo Brígido, porque o presidente da Assembleia concorria à reeleição e poderia ficar inelegível se assume o cargo.

Desde agosto, o Governo está sem vice-governador após Domingos Filho (Pros) ter indicação aprovada para o Tribunal de Contas dos Municípios.

AUTOR: O Povo

HOMEM É ACUSADO DE MATAR PROFESSORA A PEDRADAS, NO PIAUÍ

Uma tragédia se abateu na comunidade Corredores, em Campo Maior, nessa quarta-feira, 22/10. 

A professora Adriana Tavares foi assassinada e a amiga Maria das Dores foi atingida por oito facadas aplicadas pelo marido de Das Dores, Francisco de Assis Vasconcelos.
O crime aconteceu na fazenda Campinas. Assis, como era mais conhecido, não aceitava o fim do relacionamento de 10 anos. 

Ela havia se separado há uma semana e vivia sendo ameaçada.
Ao perceber que a mulher estava fugindo, Assis começou a perseguir a mulher e a amiga. As duas fugiam em uma moto, mas foram alcançadas por Assis, que provocou um acidente e as vítimas caíram.

Assis aplicou vários golpes de pau e pedras em Adriana. 

Das Dores tentou fugir, mas foi alcançada pelo marido, que aplicou facadas nas costas da esposa.
AUTOR: 180 GRAUS

MORRE MULHER QUE TEVE CORPO INCENDIADO POR COMPANHEIRO, NO CRATO (CE)

Agricultora estava internada com queimaduras em 80% do corpo. Crime ocorreu em 28 de setembro. Homem foi preso.

A agricultora Ana Maria de Sousa, que teve o corpo queimado em uma agressão do companheiro, morreu na anoite de terça-feira (21), no Hospital Instituto Dr. José Frota, em Fortaleza. 

A mulher estava internada Centro de Tratamento para Queimados desde o ataque, em 28 de setembro, com 80% do corpo com queimaduras de segundo e terceiro grau.

O corpo da mulher de 28 anos deve ser levado para ser enterrado no Crato, onde morava com a família. Segundo a Polícia Civil do município na ocasião, o homem esperou a companheira dormir e mandou os cinco filhos saírem de casa, logo em seguida ateou fogo ao corpo da mulher. 

As crianças pediram ajuda aos vizinhos, que apagaram o fogo e acionaram a polícia e o Corpo de Bombeiros.

Conforme os relatos dos vizinhos à polícia, o casal havia saído naquela noite e, quando voltaram, uma discussão pôde ser ouvida pelos vizinhos. 

Pouco tempo depois, por volta das 3h, foram acordados pelos filhos do casal. Ainda conforme os relatos, o suspeito chegou a ajudar a apagar o fogo, mas fugiu logo que percebeu a presença da Polícia Militar.

A residência do casal foi destruída pelo fogo, e o suspeito foi preso dias depois. A polícia diz haver “provas suficientes” para incriminar o companheiro de Ana Maria.

AUTOR: G1/CE

ROBINHO É INVESTIGADO POR ESTUPRO NA ITÁLIA, DIZ JORNAL

Esta é a segunda vez que Robinho se vê envolvido numa acusação de estupro FOTO: FUTURA PRESS

Uma brasileira de 18 anos acusou o atacanteRobinho, do Santos, de estupro na época em que o jogador atuava pelo Milan. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (22) pelo jornal italiano "Corriere della Sera". Segundo o periódico, a jovem brasileira conheceu Robinho num restaurante onde o atacante se encontrava com sua mulher e cinco amigos. Depois, já sem a mulher, Robinho voltou ao restaurante com os amigos.

A situação, sempre de acordo com o relato da jovem e publicada pelo jornal, saiu do controle e virou um estupro coletivo. A brasileira procurou a polícia seis meses depois do caso, que aconteceu em janeiro de 2013. Segundo o periódico, o Ministério Público da Itália pediu a prisão preventiva do atacante, que mais tarde foi negada pela juíza Alessandra Simion, por considerar que, já no Brasil, o atacante não podia atrapalhar as investigações e não tem antecedentes criminais.

O atacante Robinho já havia se envolvido numa acusação de estupro na Inglaterra

Esta é a segunda vez que Robinho se vê envolvido numa acusação de estupro. Em 2009, quando atuava pelo Manchester City, ele foi acusado de ter violentado uma jovem de 18 anos em uma boate de Leeds, na Inglaterra. O jogador negou e foi absolvido pela Justiça. A Folha de S.Paulo tentou falar com a advogada do jogador, Marisa Ramos, mas não conseguiu contato até as 11h.

AUTOR: DN

ATUALIZAÇÃO: APÓS PERSEGUIÇÃO, CARRO CAPOTA, DEIXA 1 MORTO E 3 FERIDOS

Um homem morreu e três mulheres, dentre elas uma adolescente, ficaram feridas após o capotamento de um veículo Volkswagen Crossfox na tarde de ontem. 

Os ocupantes do veículo, segundo informações da Polícia, são suspeitos de praticar assaltos na área do Parque Potira, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

Por volta de 13h, o veículo foi perseguido por um carro do Serviço Reservado da PM. Chegando ao bairro Granja Portugal, em Fortaleza, se depararam com uma patrulha do 17º Batalhão da Polícia Militar (BPM) da 4ª Cia. 

O cabo PM Chaves, que estava na patrulha, afirmou que deu voz de parada, mas o motorista não obedeceu a determinação.
Na tentativa de se fugir da PM, o veículo bateu numa Kombi que estava estacionada, perdeu as rodas traseiras e capotou, segundo a Polícia. O carro parou cerca de 50 metros à frente, próximo à Rua Teodoro de Castro.

O motorista foi arremessado para fora do veículo, caiu dentro de um canal e morreu. As garotas de 15, 18 e 19 anos, sofreram ferimentos leves e foram detidas. Um revólver calibre 38 foi apreendido no automóvel.
AUTOR: DN/Fotos: Plantão Policial

AVISO AOS TIANGUAENSES!

 MEU NOME É CECÍLIO SILVA E GOSTARIA DE INFORMAR QUE HOJE ESTRAREI NA RUA CORONEL JOÃO DAMASCENO NO BAIRRO DO ESTÁDIO COLHENDO ASSINATURAS  DOS MORADORES, PARA FAZERMOS UM OFÍCIO E ENTREGAR AO DEMUTRAN. 

VISTO QUE ESTA RUA POSSUI ESCOLA E DUAS IGREJAS E NÃO TEM SINALIZAÇÕES E NEM QUEBRA MOLAS OU TARTARUGAS.

ACREDITO QUE O INTERESSE DEVERIA SER DOS VEREADORES, QUE POR SINAL SÓ VEMOS NA ÉPOCA DAS ELEIÇÕES.

GOSTARIA QUE ESTE MOMENTO FICASSE REGISTRADO POIS FAREI DE TUDO PARA MELHORAR A VIDA DO POVO DE TIANGUÁ NAQUILO QUE EU PUDER.

COLABOROU: IRMÃO CECÍLIO SILVA VIA E-MAIL
AUTOR: TIANGUÁ AGORA

ACIDENTE COM VEÍCULO DO EXÉRCITO DEIXA 3 MORTOS, EM MINAS GERAIS

Caminhão com militares tombou e deixou vítimas na Fernão Dias (Foto: Polícia Rodoviária Federal)

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas em um acidente na tarde desta terça-feira (21) envolvendo um veículo do Exército e um caminhão carregado com papel na Rodovia Fernão Dias, próximo a Campanha (MG). Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o caminhão do Exército de Jundiaí (SP) seguia para Três Corações (MG) quando rodou na pista e capotou. 

O caminhão com papel não conseguiu parar e bateu.
Ainda segundo a polícia, cerca de 29 pessoas ficaram feridas. Duas vítimas morreram no local e uma a caminho do hospital. Conforme o Corpo de Bombeiros, as vítimas graves foram levadas para o Hospital São Sebastião, em Três Corações e o Hospital Bom Pastor, em Varginha (MG).

Por causa do acidente, conforme a concessionária que administra a rodovia, a pista ficou totalmente interditada. No sentido Belo Horizonte (MG), foi registrado um congestionamento de 10 quilômetros. 

Já no sentido São Paulo (SP), apenas uma das faixas foi interditada e chegou a registrar 2 quilômetros de congestionamento, mas a pista foi liberada por volta das 18h30.
Caminhão carregado com papel também se envolveu em acidente na Fernão Dias (Foto: Polícia Rodoviária Federal)

AUTOR: G1/MG

FURACÃO GONZALO CAUSA MORTE NO REINO UNIDO

Trem quase é atingido por onda causada pelos ventos remanescentes do furacão Gonzalo em Whitehaven, no noroeste da Inglaterra (Foto: AP Photo/PA, Owen Humphreys)

Uma mulher morreu nesta terça (21), em Londres, ao ser atingida por uma árvore que caiu após os ventos remanescentes do furacão Gonzalo atingirem o Reino Unido, trazendo fortes chuvas e ventanias.

O Serviço de Ambulância de Londres informou que paramédicos tentaram reanimar a mulher, mas ela foi declarada morta no local, na região de Knightsbridge.

Várias outras pessoas ficaram feridas em todo o país ao serem atingidas por galhos, e o vento derrubou árvores em linhas de trens.

O Serviço de Meteorologia disse que as rajadas de ventos poderiam atingir até 113 km por hora nas regiões costeiras.

O aeroporto de Heathrow cancelou cerca de 100 voos, e algumas balsas que fazem a travessia entre a Inglaterra e a Irlanda tiveram suas atividades suspensas.

O Gonzalo atingiu as ilhas Bermudas na semana passada, com ventos de até 175 km por hora, antes de provocar fortes chuvas na província canadense de Newfoundland e então cruzar o Atlântico.
Carros passam por espuma de ondas provocadas pelos ventos remanescentes do furacão Gonzalo em estrada em Cleveleys, perto de Blackpool, na Inglaterra (Foto: AP Photo/PA, John Giles)
Passageiros fazem fila no Terminal 2 do aeroporto de Heathrow, em Londres, após o cancelamento de voos, provocado pela passagem dos ventos remanescentes do furacão Gonzalo (Foto: AP Photo/PA, Steve Parsons)

AUTOR: AP

MORRE EDITOR DO 'THE WASHINGTON POST' QUE DENUNCIOU WATERGATE

Benjamin C. Bradlee fala na Biblioteca Presidencial Richard Nixon, em Yorba Linda, na Califórnia, em foto de 18 de abril de 2011 (Foto: Reuters/Alex Gallardo/Files)

Benjamin C. Bradlee, editor do jornal “The Washington Post” durante 26 anos, morreu nesta terça-feira (21) em sua casa em Washington, de causas naturais. Considerado o responsável pela transformação da publicação em uma das mais importantes e respeitadas do mundo, ele tinha 93 anos.

Bradlee era responsável pelo jornal durante a cobertura do escândalo Watergate, que culminou na renúncia do então presidente dos EUA, Richard Nixon. Antes disso, ele já havia entrado em conflito com o mesmo político ao publicar matérias baseadas em documentos secretos do Pentágono sobre a Guerra do Vietnã.

Benjamin C. Bradlee assumiu o “Washington Post” em 1965 e desde então procurou criar um modelo diferente dos jornais tradicionais da época. Primeiro como editor e depois como editor executivo, ele distribuiu correspondentes em diversos países, espalhou redações em todos os Estados Unidos e criou diversas novas seções e editorias.

Em sua gestão, que durou até 1991, o jornal conquistou 17 prêmios Pulitzer. Fundado em 1877, ele tinha conseguido apenas 4 prêmios semelhantes em toda sua história anterior. Além disso, logo em seus primeiros anos como editor, Bradlee viu as vendas do “The Washington post” mais do que dobrarem.

Bradlee foi interpretado por Jason Robarts em “Todos os homens do presidente”, filme de 1976 que rendeu um Oscar ao ator e contou o desenrolar do Watergate pelas reportagens de Bob Woodward e Carl Bernstein. Ele foi um dos poucos a conhecer desde cedo a identidade da fonte apelidada de “Garganta profunda”, revelada apenas em 2005 como sendo o oficial do FBI W. Mark Felt.

A imagem do editor se tornou ainda mais popular em 1978, quando ele transformou a estrela pornô Sally Quinn em sua terceira esposa.

Em novembro de 2013, aos 92 anos, Bradlee foi condecorado por Barack Obama na Casa Branca, recebendo a Medalha Presidencial da Liberdade. Em seu discurso na ocasião, o presidente o saudou por trazer intensidade e dedicação ao jornalismo que serviam como lembrete de que “nossa liberdade como nação se apoia em nossa liberdade de imprensa”.

Em setembro deste ano, Quinn revelou que o marido sofria de Alzheimer havia alguns anos. Ainda assim, ela disse que ele “nunca foi deprimido um único dia em sua vida”.

Bradlee teve quatro filhos em seus três casamentos: Benjamin C. Jr., Dino, Marina e Quinn.
O presidente dos EUA, Barack Obama, entrega a Medalha Presidencial da Liberdade a Benjamin C. Bradlee em cerimônia na Casa Branca, em 20 de novembro de 2013 (Foto: AFP Photo/Mandel Ngan)

AUTOR: G1/SP

PESQUISAR NO TIANGUÁ AGORA!




RESULTADOS DA PESQUISA GOOGLE!




Real Time Analytics