I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

APROVEITE!

APROVEITE!
CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA SUPER OFERTAS PARA VOCÊ!
SEJA MUITO BEM VINDO, E TENHA UMA ÓTIMA LEITURA!.

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

11Bets+ UNE A SUA PAIXÃO PELO ESPORTE COM A OPORTUNIDADE DE GANHAR DINHEIRO EXTRA!

11Bets+ UNE A SUA PAIXÃO PELO ESPORTE COM A OPORTUNIDADE DE GANHAR DINHEIRO EXTRA!
CONTATOS: (88) 99999-1564 / (88) 99305-7900 (WhatsApp)

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)
ADQUIRA JÁ SUA CARTELA, E BOA SORTE!

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

CURTA A MAIS NOVA PÁGINA DESTE BLOG, NO FACEBOOK!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA
ATENDIMENTO DELIVERY DO SUPRA SUPERMERCADO LIGUE: (88) 9-9210.0302/9-9737.3611/9-9434.7201

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!
EM SOBRAL, UBAJARA E TIANGUÁ - FONES: (88) 3611-5346/99244-7730/9931-8511/3671-1144/99428-2616/99739-8777

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!
RUA VEREADOR MANOEL FROTA 539 - CENTRO - TIANGUÁ/CE

FAZENDO VALER SUA IDEIA!

FAZENDO VALER SUA IDEIA!
FAÇA AQUI SUA DIVULGAÇÃO!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

NA PARAÍBA, EX-JUIZ E MAIS 11 SÃO CONDENADOS POR INTEGRAR ESQUEMA DE FRAUDES

O ex-juiz Edvaldo Albuquerque e mais 11 pessoas, entre advogados e policiais, foram condenados por integrar um esquema de fraudes que “fabricava” astreintes, na Paraíba. O escândalo se tornou público em 2013, com a deflagração da Operação Astringere, da Polícia Federal.

O grupo, de acordo com as investigações, “fabricava” astreintes - multas em dinheiro definidas pelo magistrado para que a pessoa ou empresa citada em um processo cumpra uma ordem judicial. A decisão foi proferida nesta terça-feira (4) pelo juiz Fernando Brasilino Leite.

O ex-magistrado foi condenado a 13 anos, um mês e 10 dias de reclusão, inicialmente em regime fechado, além da perda da aposentadoria.

Leite determina ainda a expedição de mandados de prisão em relação aos outros 11 réus: José Edvaldo Albuquerque de Lima, Eugênio Vieira de Oliveira Almeida, Dino Gomes Ferreira, Cícero de Lima e Sousa, Edílson de Araújo Carvalho e Glauber Jorge Lessa Feitosa. Todos eles foram condenados com pena restritiva de liberdade.

Além do ex-juiz, a organização criminosa contava com a participação de um delegado, cinco advogados e dois policiais (um Militar e um Civil). Durante a operação, em 2013, foram presos dez suspeitos de envolvimento no esquema. As investigações mostraram que o grupo se apropriava de forma indevida de indenizações pagas pelo seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT).

De acordo com a denúncia do Ministério Público da Paraíba, a quadrilha atuava com a montagem e falsificação de documentação necessários à “judicialização” das demandas, manipulação dos atos processuais, imprimindo ritmo e rito diferenciado aos integrantes do grupo criminoso, apropriação de valores de astreintes, intimidação das pessoas que tiveram seus valores apropriados pela organização e a confecção de dossiês contra diversas autoridades.

De acordo com a denúncia na qual se baseou o juiz para a decisão, o esquema foi descoberto após investigação da atuação do oficial de justiça Márcio Nóbrega da Silva, que delegava suas funções a terceiros para dedicar o seu tempo à atividade (mais tentável) de advogado.

Investigação

As investigações, relata o juiz, revelaram a atuação de dois núcleos operacionais enraizados no Poder Judiciário Paraibano, “com células interligadas pela forja de alvarás judiciais, sob a regência do denunciado José Edvaldo Albuquerque de Lima”.

Contra os acusados, foram aplicadas penas de crimes por Associação Criminosa, Corrupção Passiva, Prevaricação, Corrupção Ativa e Crime de Apropriação Indébita. As peças mostram ainda acusações envolvendo autoridades policiais, que chantageavam e ameaçavam vítimas. As provas foram colhidas, inclusive, através de grampo telefônico feito pela Polícia Federal.

AUTOR: G1/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O TIANGUÁ AGORA descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

TIANGUÁ AGORA NO TWITTER!

Real Time Analytics