I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

APROVEITE!

APROVEITE!
CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA SUPER OFERTAS PARA VOCÊ!
SEJA MUITO BEM VINDO, E TENHA UMA ÓTIMA LEITURA!.

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)
ADQUIRA JÁ SUA CARTELA, E BOA SORTE!

DESENTUPIDORA E LIMPA FOSSAS IBIAPABA, A SOLUÇÃO DE SEUS PROBLEMAS ESTÁ AQUI

DESENTUPIDORA E LIMPA FOSSAS IBIAPABA, A SOLUÇÃO DE SEUS PROBLEMAS ESTÁ AQUI
FUNCIONAMOS DOMINGOS E FERIADOS, LIGUE JÁ: (88)9-9447-9020

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

ME OUÇA DE SEGUNDA À SEXTA DE 12 ÀS 13h30 NO JORNAL REGIONAL

ME OUÇA DE SEGUNDA À SEXTA DE 12 ÀS 13h30 NO JORNAL REGIONAL
É SÓ CLICAR NA IMAGEM, E FIQUE SABENDO DE TUDO O QUE ACONTECE NA SERRA DA IBIAPABA

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

CURTA A MAIS NOVA PÁGINA DESTE BLOG, NO FACEBOOK!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA
ATENDIMENTO DELIVERY DO SUPRA SUPERMERCADO LIGUE: (88) 9-9210.0302/9-9737.3611/9-9434.7201

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!
EM SOBRAL, UBAJARA E TIANGUÁ - FONES: (88) 3611-5346/99244-7730/9931-8511/3671-1144/99428-2616/99739-8777

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!
RUA VEREADOR MANOEL FROTA 539 - CENTRO - TIANGUÁ/CE

FAZENDO VALER SUA IDEIA!

FAZENDO VALER SUA IDEIA!
FAÇA AQUI SUA DIVULGAÇÃO!

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

BRASIL É UMA "VERGONHA" EM QUALQUER PARÂMETRO DE ENSINO, DIZ MINISTRO DA EDUCAÇÃO

A OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) mantém um ranking da educação em 36 países, no qual o Brasil atualmente amarga a penúltima posição, à frente somente do México. Como critérios avaliados pela organização estão o desempenho dos alunos no PISA, a média de anos que os alunos passam na escola e a porcentagem da população que está cursando ensino superior.

Como destaques no ranking aparecem Finlândia, Japão e Suécia. E você? Acha que a educação no Brasil vai alcançar esse nível algum dia?

DO BLOG: ESSE RANKING É DE 2013.
O ministro da Educação, Mendonça Filho, em entrevista a jornalistas na Câmara (Foto: Sara Resende/G1)

O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou nesta segunda-feira (28) que o Brasil é uma "vergonha" em qualquer parâmetro de ensino, o que faz o país estar em uma situação "vexatória".

Mendonça Filho deu a declaração a jornalistas após participar de uma audiência pública no Congresso Nacional na qual foi discutica a medida provisória (MP) editada pelo governo em setembro que prevê uma reforma no ensino médio.

"Os resultados da educação são deprimentes. O Brasil celebra a mediocridade, essa é a verdade. A gente acompanhou uma evolução razoável do ponto de vista de universalização [nos últimos anos], mas os números relativos à área educacional do Brasil, para mim, não podem tornar nenhum cidadão feliz ou satisfeito, muito pelo contrário", disse o ministro.

"Se analisarmos qualquer indicador, [seja] com relação ao Pisa [Programa Internacional de Avaliação de Estudantes] ou ao ranking de competitividade, a gente vai se deparar com uma situação vexatória. O Brasil é uma vergonha do ponto de vista educacional em qualquer parâmetro", completou Mendonça Filho.

Reforma do ensino médio
Durante a sessão desta segunda, o ministro defendeu a reforma do ensino médio como uma das soluções para este cenário.

A proposta do governo Michel Temer altera o conteúdo e o formato das aulas, e também a elaboração dos vestibulares e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O objetivo da medida, segundo o governo, é aumentar a carga horária do ensino médio, o tornando integral, e flexibilizar a grade curricular para que os estudantes possam escolher até metade do conteúdo que irão estudar.

Aos deputados, o ministro da Educação afirmou avaliou que o modelo atual do ensino médio está "de costas" para o jovem brasileiro, pois, na avaliação dele, "não dialoga" com os interesses dos estudantes.

Na avaliação de Mendonça Filho, a obrigatoriedade de o estudante cursar por três anos disciplinas não relacionadas à profissão escolhida provoca "evasão" das escolas, além de "desestimular" o aluno.

"Não faz sentido o jovem que vai cursar Pedagogia ou Direito ter a mesma ênfase em Física daquele que quer prestar Engenharia", explicou o ministro a comissão formada por deputados e senadores.

Números do ensino médio
Na audiência pública, Mendonça Filho informou que, de 2008 a 2015, o número de matrículas no ensino médio se manteve em torno dos 8 milhões, enquanto, segundo ele, no mesmo período, o número de concluintes ficou próximo aos 2 milhões.

Ainda de acordo com o MEC, 8,4% dos estudantes cursam o ensino médio paralelamente ao ensino técnico. Aos parlamentares, Mendonça Filho, contudo, defendeu o aumento deste percentual, e citou a Europa, onde, segundo ele, a média é de 40%.

Vaias
Enquanto Mendonça Filho apresentada a MP que estabelece a reforma do ensino médio, ele foi vaiado por integrantes do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES), contrários à medida.

Durante a sessão, a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) pediu a palavra para criticar o plenário "esvaziado" da comissão. "O senhor [Mendonça Filho] deveria cobrar a presença da sua base. Não vou ficar nesta audiência porque não foi isso que nós nos propusemos, propusemos o debate com o senhor e os ex-ministros", disse.

Também convidados, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, e o ex-ministro da Educação Aloizio Mercadante não compareceram à comissão.

Em nota, a assessoria de Mercadante disse que o ex-ministro foi convidado e, "apesar da profunda discordância com a medida provisória autoritária", ele confirmou presença, mas, depois, foi informado de que a reunião da comissão havia sido cancelada e ele, então, participaria de uma outra sessão, pela manhã.

"Mercadante ponderou a situação e aguardou até a última sexta-feira (25/11) a possibilidade de a comissão rever a decisão de suspender o debate, fato que não ocorreu. O ex-ministro decidiu, então, por não participar de uma audiência apenas para legitimar uma medida provisória com a qual ele discorda profundamente e sem a possibilidade real de debater o assunto tecnicamente e em profundidade com o atual ministro", diz a nota.

AUTOR: G1/DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O TIANGUÁ AGORA descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

TIANGUÁ AGORA NO TWITTER!

Real Time Analytics