I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

APROVEITE!

APROVEITE!
CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA SUPER OFERTAS PARA VOCÊ!
SEJA MUITO BEM VINDO, E TENHA UMA ÓTIMA LEITURA!.

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)
ADQUIRA JÁ SUA CARTELA, E BOA SORTE!

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

CURTA A MAIS NOVA PÁGINA DESTE BLOG, NO FACEBOOK!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA
ATENDIMENTO DELIVERY DO SUPRA SUPERMERCADO LIGUE: (88) 9-9210.0302/9-9737.3611/9-9434.7201

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!
EM SOBRAL, UBAJARA E TIANGUÁ - FONES: (88) 3611-5346/99244-7730/9931-8511/3671-1144/99428-2616/99739-8777

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!
RUA VEREADOR MANOEL FROTA 539 - CENTRO - TIANGUÁ/CE

FAZENDO VALER SUA IDEIA!

FAZENDO VALER SUA IDEIA!
FAÇA AQUI SUA DIVULGAÇÃO!

quarta-feira, 1 de junho de 2016

MULHER E FILHA DE 17 ANOS MATAM PROFESSOR COM 3 FACADAS, EM SÃO CARLOS (SP)

Foto: Reprodução/Facebook 

O professor Milton Taidi Sonoda, de 39 anos, tinha mestrado pela USP de São Carlos e lecionava Física na Universidade Federal do Triângulo Mineiro, em Uberaba.

O professor universitário Milton Taidi Sonoda, de 39 anos, encontrado morto no interior de um carro em chamas, no dia 18 de maio, em São Carlos, foi assassinado pela própria mulher e sua filha, enteada dele, segundo a Polícia Civil. O crime teria sido motivado por dinheiro. A enteada, de 17 anos, confirmou em depoimento ter matado o padrasto com três facadas, após tê-lo sedado. A viúva, a advogada Milene Estácio da Silva, de 36 anos, negou participação no assassinato, mas confirmou ter ajudado a filha a se desfazer do corpo.

As duas pretendiam enterrar o corpo, mas o carro ficou sujo com o sangue da vítima e elas optaram por incendiar o veículo.

Mãe e filha foram detidas na noite desta terça-feira, 31, quando a Polícia Civil anunciou o esclarecimento do caso. Sonoda tinha mestrado pela Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos e lecionava Física na Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), em Uberaba.

De acordo com o delegado Gilberto de Aquino, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), o professor estava reformando uma casa na cidade mineira, pois pretendia mudar-se para lá com a família. As duas desaprovavam a mudança e não se conformavam com os gastos na reforma da casa, que consumia as reservas financeiras da família.

Conversas rastreadas nos celulares mostram que elas pretendiam ficar com o dinheiro e combinaram a morte de Sonoda. Inicialmente, ficou acertado que a filha o mataria durante as viagens do professor a Uberaba para dar aulas. Ela pegava carona com ele para ver o namorado, em Ribeirão Preto, mas teria faltado coragem para consumar o crime. Em seguida, ela tentou envenenar o padrasto, colocando substâncias em sucos, mas ele apenas passou mal. Por fim, elas decidiram matá-lo no dia previsto para a mudança da família.

Segundo a investigação, o professor foi dopado pela enteada e golpeado na barriga, agonizando por dez minutos no chão da sala. Um irmão da jovem, de 5 anos, também foi dopado para que não testemunhasse o crime. Ele foi deixado em casa dormindo, quando as duas carregaram o corpo no carro e decidiram enterrá-lo à margem da Rodovia Luís Augusto de Oliveira (SP-215). Antes, mãe e filha compraram uma pá e plásticos. O buraco chegou a ser cavado, mas quando foram retirar o corpo do carro, as duas viram que havia muito sangue e decidiram queimar o veículo.

O carro em chamas foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros, na mesma noite. Para o delegado, não existe dúvidas sobre a autoria do crime, mas as investigações sobre a motivação ainda prosseguem. A mãe foi presa temporariamente por trinta dias e vai responder por homicídio duplamente qualificado, além de corrupção de menores e ocultação de cadáver. A filha ficará detida por ato infracional.

As duas foram levadas para a Cadeia Feminina de Ribeirão Bonito, enquanto a jovem aguarda vaga na Fundação Casa. Como é menor, ela só pode ficar internada até completar 21 anos.

Até a manhã desta quarta-feira, 1º, mãe e filha não tinham advogados constituídos. A advogada Ariadne Trevisan Leopoldino, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Carlos, que acompanhou a prisão, se disse chocada com os depoimentos das suspeitas. Ariadne não assumiu a defesa delas, tendo acompanhado o depoimento de Milene por indicação da OAB, pelo fato de ela ser advogada.

AUTOR: MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O TIANGUÁ AGORA descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

TIANGUÁ AGORA NO TWITTER!

Real Time Analytics