I

LEITORES DO TIANGUÁ AGORA!

APROVEITE!

APROVEITE!
CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA SUPER OFERTAS PARA VOCÊ!
SEJA MUITO BEM VINDO, E TENHA UMA ÓTIMA LEITURA!.

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)

SEJA VOCÊ O PRÓXIMO GANHADOR DE TIANGUÁ (CE)
ADQUIRA JÁ SUA CARTELA, E BOA SORTE!

DESENTUPIDORA E LIMPA FOSSAS IBIAPABA, A SOLUÇÃO DE SEUS PROBLEMAS ESTÁ AQUI

DESENTUPIDORA E LIMPA FOSSAS IBIAPABA, A SOLUÇÃO DE SEUS PROBLEMAS ESTÁ AQUI
FUNCIONAMOS DOMINGOS E FERIADOS, LIGUE JÁ: (88)9-9447-9020

TIANGUÁ AGORA - ÚLTIMAS NOTÍCIAS!!!

ME OUÇA DE SEGUNDA À SEXTA DE 12 ÀS 13h30 NO JORNAL REGIONAL

ME OUÇA DE SEGUNDA À SEXTA DE 12 ÀS 13h30 NO JORNAL REGIONAL
É SÓ CLICAR NA IMAGEM, E FIQUE SABENDO DE TUDO O QUE ACONTECE NA SERRA DA IBIAPABA

CURTA O TIANGUÁ AGORA NO FACEBOOK!

CURTA A MAIS NOVA PÁGINA DESTE BLOG, NO FACEBOOK!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!

AQUI VOCÊ ENCONTRA SEMPRE AS MELHORES OFERTAS!
NO ARMAZÉM PARAÍBA DE TIANGUÁ!

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA

FAÇA SUAS COMPRAS SEM SAIR DE CASA
ATENDIMENTO DELIVERY DO SUPRA SUPERMERCADO LIGUE: (88) 9-9210.0302/9-9737.3611/9-9434.7201

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!

O SEU MELHOR PROVEDOR DE INTERNET BANDA LARGA AGORA FIBRA ÓPTICA!
EM SOBRAL, UBAJARA E TIANGUÁ - FONES: (88) 3611-5346/99244-7730/9931-8511/3671-1144/99428-2616/99739-8777

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!

ACIDENTE DE TRÂNSITO COM VÍTIMA, LIGUE LOGO!
RUA VEREADOR MANOEL FROTA 539 - CENTRO - TIANGUÁ/CE

FAZENDO VALER SUA IDEIA!

FAZENDO VALER SUA IDEIA!
FAÇA AQUI SUA DIVULGAÇÃO!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

ASSÉDIO CONTRA MULHERES: A VIOLÊNCIA QUE É ROTINA NAS NOITES, NO CEARÁ

Olhares lascivos, contato com o corpo da mulher sem o consentimento, puxões no cabelo, tentativa de agarrar, beijos à força. 

Sair de casa para uma noite de diversão esbarra, muitas vezes e para muitas mulheres, em assédio sexual. Foi assim com a universitária Luiza Maropo que relatou em seu perfil no Facebook o beijo obrigado que sofreu numa boate há uma semana. A narrativa de Luiza sobre o episódio, ocorrido na boate Órbita, na Praia de Iracema, deu visibilidade a situações que são do cotidiano de mulheres que frequentam a noite.

“É o machismo que legitima o discurso de posse, a ideia de que a mulher tem de estar disponível. O homem não sente que está fazendo uma coisa errada, ele se sente no direito. Mas, não é por ser uma cultura, que o machismo é abstrato. Ele se materializa por meio de ações concretas como o assédio”, aponta Hayesca Costa, professora de Serviço Social da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e pesquisadora do Observatório da Violência Contra a Mulher (Observem).

“Uma pessoa chegou até a mim e, acho que pelo fato de ser um conhecido, se sentiu no direito de ficar tentando me beijar à força, me segurando, eu não conseguia me soltar, pedia e não adiantava”, relembra a psicóloga e produtora de eventos Lia Pressler, 27. O relato vem com a constatação de que o episódio está em vias de acontecer todas as vezes em que sai. “O desrespeito já começa com o olhar, que a gente sente que é diferente. (E evolui para) alguém colocando a mão na sua bunda, segurando a sua cintura, puxando o seu cabelo”, conta.

A sensação de incômodo é compartilhada pela universitária Claudiana Rocha, 25. “Sempre me sinto encurralada. Às vezes, me pergunto se saí arrumada demais. Se não era melhor ter ficado em casa. Para os homens não é compreensível que você vai pra uma balada se divertir e não está disponível para eles. E como o assédio é natural para eles, acham que tem de ser natural para a gente. Mas não tem”, afirma.

A naturalização do assédio passa ainda pelo espaço em que ele acontece. Nos comentários da matéria no Facebook do O POVO sobre o caso Luiza, pessoas questionaram sobre bebida e, principalmente, afirmaram que estar em uma boate abriria precedente para que ocorresse o assédio. “As pessoas sacralizam os espaços onde o assedio é legitimado e onde não é. Mas não há espaço legítimo ou favorável para o assédio. Não é o espaço que indica o limite ou a gravidade, porque o assédio é uma violência direcionada a mulher em que não há consentimento”, afirmou Hayesca Costa.

Falar

Expor-se ao crivo da sociedade ao fazer a denúncia desestimula que outros relatos sejam conhecidos. “Isso e o sentimento de vulnerabilidade. Mas, ao mesmo tempo, quando a denúncia acontece, as mulheres veem que outra também passou pelo que você passou, gera empatia, um empoderamento coletivo”, explica Hayesca.

Como já havia ocorrido em proporção ainda maior com a hashtag “meuprimeiroassédio”, o relato de Luiza gerou uma série de comentários de meninas que também se sentiram assediadas em festas e haviam se calado. Na esteira da narrativa, outra internauta que contou ter sido ameaçada ao reagir ao assédio direcionado a sua namorada na saída de uma boate. “Homens pensam que somos objetos sem opinião e vontades, apenas à disposição deles”, lamenta a jovem.

SERVIÇO

Como denunciar o assédio sexual

Onde: Ligue 190 ou procure a delegacia distrital mais próxima. Em casos de assédio e abuso no âmbito familiar procure a Delegacia da Mulher (rua Manuelito Moreira, 12 - Benfica)

AUTOR: O POVO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

IMPORTANTE

Todos os comentários postados neste Blog passam por moderação. Por este critério, os comentários podem ser liberados, bloqueados ou excluídos. O TIANGUÁ AGORA descartará automaticamente os textos recebidos que contenham ataques pessoais, difamação, calúnia, ameaça, discriminação e demais crimes previstos em lei. GUGU

TIANGUÁ AGORA NO TWITTER!

Real Time Analytics